1. O nome oficial do México é “Estados Unidos Mexicano” – O país, no México, foi nomeado inicialmente após sua capital (Cidade do México). Durante os séculos 14-16, quando o povo asteca dominava grandes partes do país, a capital se chamava México-Tenochtitlan. Depois que os espanhóis conquistaram a cidade no século 16, eles o arruinaram e construíram a Cidade do México em cima da capital asteca. Cidade do México foi construída para se assemelhar a uma cidade espanhola.

2. O México introduziu chocolate, pimenta e milho para o mundo – O chocolate foi descoberto no México e foi feito pelos povos meso-americanos em uma bebida doce usando edulcorantes naturais. O milho foi cultivado pela primeira vez no centro do México. A maioria das pimentas vem do México.

3. O México é o lar do coelho vulcão – Este é um coelho muito raro que vive perto de vulcões mexicanos. É o segundo menor coelho do mundo (o mais pequeno é o coelho pigmeu). Tem uma pele curta e grossa, pernas curtas e pequenas orelhas arredondadas.

4. A Universidade Nacional do México é a universidade mais antiga da América do Norte – A Universidade Nacional Autônoma de México (UNAM), foi fundada em 1551 por Charles V, um santo imperador romano. A universidade se destaca como o instituto educacional que produz o maior número de profissionais no México.

5. As crianças mexicanas não recebem presentes no dia de Natal – No México, como em grande parte do mundo católico, as crianças recebem seus presentes apenas no dia 6 de janeiro. Este é o dia em que os mexicanos celebram El Dia De Reyes (Reis Dia), a chegada dos três homens sábios a Belém depois de ver uma estrela acima da cidade. O significado por trás da estrela foi o nascimento do Salvador Jesus.

6. O México está localizado no “Anel de Fogo” – Esta área é uma das mais violentas zonas de terremotos e vulcões do mundo. O Anel de Fogo, contém mais de 450 vulcões e possui aproximadamente 75% dos vulcões ativos do mundo. Popocatépetl é considerado o vulcão mais perigoso do México, localizado a apenas 70 km a sudeste da Cidade do México, de onde pode ser visto com as condições climáticas adequadas.

7. A Cidade do México está lentamente afundando – Devido ao fato de que a capital mexicana foi construída em um lago, está afundando 15 a 20 cm por ano. Durante o século 20, a Cidade do México caiu entre 9 e 11 metros. A infra-estrutura da cidade, o abastecimento de água e sua arquitetura insubstituível estão sob uma ameaça constante. Se continuar a afundar, a cidade enfrentará sérios problemas.

8. A bandeira mexicana é composta por três listras verticais – Toda faixa da bandeira tem um significado diferente. A faixa verde esquerda representa a esperança, a faixa branca do meio representa pureza e unidade, e a faixa vermelha direita representa o sangue dos heróis da nação. A imagem de uma águia comendo uma cobra no meio da bandeira, chamada Coat of Arms, é baseada em uma lenda asteca.

9. O chihuahua, a menor raça de cães do mundo, tem o nome de um estado mexicano – Existem várias teorias sobre a origem da raça, tanto arqueológica como folclórica. No entanto, todas as teorias confirmam a origem da raça de cães de Chihuahua, no México. A teoria mais comum é que os chihuahuas são descendentes do techichi, um cão companheiro que foi favorecido pela civilização tolteca.

10. Conquistadores espanhóis introduziram touradas no México – hoje em dia, o tourada no México é um esporte nacional popular. O Plaza México, que está situado na Cidade do México, é a maior praça de touros do mundo com mais de 41 mil lugares. As touradas ocorrem todos os anos, de novembro a abril.

 

FONTELista de curiosidades
COMPARTILHAR
A Grande Arte De Ser Feliz

Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.


COMENTÁRIOS