Você sabe quais são as principais características das pessoas otimistas? Elas geram bem-estar para si mesmas e para aqueles que as rodeiam. Elas costumam ver o lado positivo de tudo em vez de ficarem presas no mal-estar. Escolheram o otimismo como bandeira e vivem dessa forma, porque embora existam alguns traços de personalidade que favoreçam o otimismo, ser otimista tem mais a ver com a reflexão e a prática.

Cada um escolhe, consciente ou inconscientemente, uma perspectiva para olhar a vida. Isso depende em grande parte das experiências pessoais, de algumas características pessoais e relacionais; embora seja verdade que às vezes é derivado do hábito ou da falta de reflexão. É sempre mais fácil imitar e repetir do que construir uma abordagem pessoal.

“A vida tem o seu lado escuro e o seu lado brilhante; cabe a nós escolher o que melhor nos convém”.
– Samuel Smiles –

Não é preciso que a vida seja um mar de rosas, ter tido uma infância dos sonhos ou viver uma realidade maravilhosa para ser uma pessoa otimista. Resgatar o melhor de si mesmo, dos outros e de todas as situações é principalmente o resultado de uma escolha. O otimista não é um pessimista desinformado, mas alguém que escolheu enfatizar o lado positivo de tudo.

Diante da vida, é mais fácil ser pessimista. Ninguém escapa da dor ou da frustração e renegá-la ajuda a justificar a inércia e o conformismo. As pessoas otimistas, por outro lado, assumem o desafio de fazer, crescer e melhorar. Aqui estão algumas características das pessoas otimistas.

Principais características das pessoas otimistas

Elas lutam pelo que querem

Só o fato de lutar para alcançar um objetivo faz com que qualquer pessoa se sinta cheia de vitalidade. Em contrapartida, quem não tem sonhos e desejos tende a ver a vida de uma maneira sombria. Se há algo que torna as pessoas mais otimistas, é precisamente a capacidade de estabelecer metas e lutar por elas.

Além disso, as pessoas otimistas também são realistas. Isso significa que elas não se propõem metas que estão além do alcance das suas capacidades ou possibilidades. Não é verdade que qualquer coisa pode ser alcançada. Se o objetivo é inalcançável, só nos leva à frustração. Uma coisa é estabelecer metas altas e outra muito diferente é tentar alcançar objetivos impossíveis.

Onde os outros veem fracassos, elas veem aprendizado

As pessoas otimistas não acreditam no fracasso. Elas sabem que existem os erros, os equívocos, os desafios não superados e as metas não alcançadas. Para elas, nenhuma dessas situações tem a conotação de fracasso. O que as torna otimistas é essa capacidade de olhar para o lado positivo das coisas, para o outro lado da moeda.

Todas as grandes conquistas humanas foram precedidas de dificuldades e erros. Uma grande conquista é construída sobre uma base de erros corrigidos, lacunas cobertas e deficiências superadas. Em todos os erros, há um ensinamento. E em cada ensinamento há crescimento. As pessoas otimistas sabem que fracasso é parar de tentar.

Elas são honestas consigo mesmas

Ser honesto consigo mesmo significa renunciar a justificativas e pretextos. Uma atitude que exige, por um lado, coragem, porque implica não se esconder, mas encarar a vida de frente e com sinceridade consigo mesmo.

As pessoas otimistas não têm medo de admitir os seus erros, pelo contrário, estão abertas para reconhecê-los. Evitam culpar os outros pelos seus erros e têm confiança suficiente em si mesmas para aceitar que nem sempre estão certas. Esta atitude as fortalece, em vez de diminuí-las, porque sabem que quando reconhecem os seus erros se transformam em pessoas melhores.

Nunca se comparam com os outros

A comparação sistemática com os outros só nos leva à distorção do pensamento e ao envenenamento do coração. Somos incomparáveis. Não existe uma forma de medir quem é melhor ou pior em termos humanos. Um presidiário pode ter um coração melhor do que um gerente, mas menos habilidade para alcançar os seus objetivos. Não existe nenhuma medida para isso.

O verdadeiro otimismo nasce da compreensão dessa realidade. Ninguém é mais e nem menos do que outro, porque qualquer comparação é arbitrária. Aqueles que se comparam constantemente com os demais o fazem por falta de autonomia e independência de julgamento. Só a própria pessoa sabe se está vivendo da forma como deseja. Os outros podem ou não concordar, mas isso não conta.

Motivam a si mesmas

A motivação consiste em “se mover” apesar dos obstáculos. Isso significa avançar, seguir em frente em função de um propósito ou de um objetivo. Uma das características das pessoas otimistas é que elas sabem que essa força para permanecer na luta está dentro delas mesmas. Elas não agem pela aprovação ou desaprovação dos outros, mas por convicção.

Uma pessoa se torna automotivada quando encontra e é alimentada pelas razões para fazer o que faz. A convicção dá força para continuar. Quando sabemos que os objetivos que seguimos são profundamente válidos, é possível avançar sem dar muita importância às dificuldades. O otimista está, portanto, convencido do que faz.

Aceitam os outros como eles são

Nós tratamos os outros de uma maneira semelhante àquela que nos tratamos. Quando alguém se aceita, é fácil aceitar os outros. Se, por outro lado, você tiver dificuldade em se valorizar ou sentir amor-próprio, geralmente projeta todo esse conflito nos outros. Dessa forma, os outros se tornam um objeto de crítica constante.

Para ser otimista é preciso que a pessoa tenha um bom conceito sobre si mesma. Não se trata de ser egoísta, mas de estar ciente do próprio valor. É por isso que pessoas otimistas têm facilidade de aceitar e valorizar os outros. Elas sabem que todos os seres humanos são participantes da mesma história e que cada um tem um lugar e um sentido dentro dessa aventura coletiva. Além disso, não se esqueçam de que a solidariedade contribui para que vejamos o presente com maior confiança.

Cultivam a si mesmas

Ninguém pode ser genuinamente otimista se não trabalhar em si mesmo. Ou seja, se conhecer melhor, se perdoar pelos erros cometidos e dar às conquistas obtidas o valor que elas merecem. Cada um é a sua própria obra. Trabalhar por essa obra e se sentir orgulhoso por avançar se traduz como otimismo diante da vida.

Você tem estas características das pessoas otimistas em sua personalidade? Saiba que é possível desenvolvê-las no dia a dia para conseguir viver de forma mais leve e feliz.

FONTEA mente é maravilhosa
COMPARTILHAR
A Grande Arte De Ser Feliz

Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.


COMENTÁRIOS