A sociedade atual inventou um modelo de felicidade, onde todos queremos ser os melhores em tudo quanto fazemos. A ideia de competitividade tira o brilho de nossas conquistas individuais, e muitas vezes faz com que nos sintamos inferior aos outros, justamente porque o tempo todo estamos olhando à nossa volta e nos comparando com os demais.

A mídia cria em nós necessidades que não temos, com o objetivo de vender algum produto e/ou serviço e lucrar. Enquanto buscarmos nossa satisfação pessoal em coisas externas, ficaremos como “cachorros correndo atrás do próprio rabo”, ou seja, é uma busca sem fim.

Precisamos comemorar nossas pequenas vitórias diárias e aprender a valorizar aquilo que já temos. Como diz a notável frase: “Um passo de cada vez, lembrando que passos alegres valem por dois”.

Rossandro Klinjey é palestrante e escritor, Psicólogo Clínico, Mestre em Saúde Coletiva e Doutor em Psicanálise. É autor do livro Temas complexos: uma abordagem didática e coautor do livro Educando para a paz, editado pela Universidade Federal de Campina Grande – UFCG. Foi professor universitário por mais de dez anos, quando passou a se dedicar à atividade de palestrante. Hoje, ele atua nas áreas de recursos humanos, motivacional, liderança, perspectivas da educação, relações interpessoais, desenvolvimento emocional, gestão de pessoas, serviço público, cultura de paz, entre outros.

Precisamos mudar nossa forma de pensar, para então colaborar na mudança deste padrão cultural vigente.

Ouçamos o Rossandro:

COMPARTILHAR
A Grande Arte De Ser Feliz

Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.


COMENTÁRIOS