Um discurso contra maus políticos, tão antigo e tão atual, bem como humanista e profundo.

Ainda mais admirável por ter sido feito em 1940 em um período onde o mundo tinha um destino ainda muito incerto.

Charlie Chaplin foi um homem de muita coragem, pois assumiu um risco enorme de satirizar o ditador mais poderoso do mundo, em um momento onde a guerra não tinha um lado vencedor definido.

A manipulação cultural nazista teve forte oposição do cinema.

Torço para que a manipulação cultural que existe no Brasil, comece a encontrar também a sua oposição.

COMPARTILHAR
A Grande Arte De Ser Feliz

Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.


COMENTÁRIOS