Invictus é um filme maravilhoso dirigido por Clint Eastwood baseado no livro de John Carlin Playing the Enemy: Nelson Mandela and the Game That Changed a Nation. Nele é narrada a amizade que surge entre o recém-nomeado presidente da África do Sul, Nelson Mandela, e o capitão dos Springboks, François Pienaar, interpretados por Morgan Freeman e Matt Damon, respectivamente.

No entanto, não queremos falar da ficha técnica desse filme fantástico no artigo de hoje. Pelo contrário, vamos nos centrar nos valores de amizade e superação que o filme inspira.

“A maior glória em viver não está em jamais cair, mas em nos levantarmos cada vez que caímos”.
-Nelson Mandela-

Como é Invictus?

Depois de sair da prisão, Nelson Mandela assume a presidência de um país dividido e confrontado pelo ódio e o racismo provocado pela segregação e o Apartheid.

No entanto, o engenhoso ativista descobre uma forma de unificar sua nação. Não é nada mais do que encontrar um ponto em comum, coisa que acaba descobrindo na paixão dos sul-africanos pelo rugby, criando um ponto de encontro nos Springboks, a seleção nacional.

No entanto, os Springboks estão vivendo um momento difícil na carreira. Apesar de ser uma das seleções mais poderosas e importantes do mundo, seu jogo tem decaído e as derrotas da equipe são constantes.

Finalmente, Mandela consegue conversar com François Pienaar, capitão da Seleção Nacional de Rugby da África do Sul. A partir daí irá surgir uma amizade que durará até a morte do presidente e que permitirá que os Springboks sejam campeões mundiais e que a nação inteira se una.

A amizade pode tudo

A amizade é um sentimento de confiança e carinho entre as pessoas. É isso que surge quando Nelson Mandela e François Pienaar se conhecem. Apesar das reticências iniciais do capitão, de raça branca, a insistência do presidente em perdoar e unificar deixando o ódio e o racismo para trás permite que surja entre eles uma bela relação que acabará sendo um exemplo.

O exemplo de amizade e carinho que surge entre Mandela e Pienaar é adequado para reduzir o ódio e a animosidade não só na África do Sul, mas no mundo inteiro. Quando duas pessoas desejam com todas as suas forças se unirem em um círculo de carinho, solidariedade e apoio mútuo, não há nada no planeta que seja capaz de separá-las.

A superação das pessoas

Sempre que há um vínculo entre pessoas, nos tornamos muito mais fortes. Saber que você tem o seu amigo, companheiro ou irmão do seu lado lhe dá energias enormes que permitem se esforçar muito mais para seguir em frente e não perder o ânimo.

Neste caso, graças ao apoio e à amizade de Mandela, François Pienaar consegue fortalecer e encorajar alguns jogadores deprimidos do Springboks, que só sabem como perder partidas, para o desespero dos brancos e a alegria dos negros da África do Sul.

No entanto, a brincadeira de Mandela e seu desejo de melhora, superação, união e perdão, consegue fazer com que uma amizade entre duas pessoas acabe unindo um país inteiro em um grande abraço, sem olhar para a pessoa que está ao seu lado nem a cor da sua pele.

Finalmente, o que permanece são as pessoas, sua amizade e solidariedade. O apoio que Mandela dá a Pienaar lhe dá forças para que ele o transmita para o resto do time. A energia da equipe dos Springboks é passada para todo um país apaixonado pelo rugby que irrompe em alegria e regozijo quando alcançam a vitória, graças ao esforço comum de milhões de pessoas que se apoiam e se compreendem.

A união faz a força

A lição mais importante que Invictus nos deixa é que a união e a amizade de duas pessoas pode exercer um poder enorme sobre milhares de pessoas capazes de mudar, apoiarem-se umas às outras, esquecer os rancores e as disputas e olhar todos na mesma direção como um só para alcançar a força e a vitória.

Não devemos esquecer que juntos somos mais fortes e melhores. Esta é uma grande lição que Invictus nos ofereceu. A amizade e a solidariedade nos permitem deixar para trás o ódio e a solidão. Só isso já são grandes vitórias.

“Depois de termos conseguido subir a uma grande montanha, só descobrimos que existem ainda mais grandes montanhas para subir”.
-Nelson Mandela-

FONTEA mente é maravilhosa
COMPARTILHAR
A Grande Arte De Ser Feliz

Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.


COMENTÁRIOS