Conhecido por suas críticas polêmicas, sempre regadas com muita ironia e sátira, Arnaldo Jabor se consolidou como escritor e cineasta brasileiro de renome internacional.
Autor de vários filmes e livros, a principal peculiaridade de Jabor é o humor ácido e o tom crítico, que também serviu como marca registrada do seu estilo jornalístico.

Entre as suas principais “pérolas” estão mensagens que nos fazem refletir sobre as incertezas dos relacionamentos, da vida e da natureza humana. Confira alguns dos conselhos que podemos encontrar no trabalho deste jornalista!

Lidando com as incertezas do relacionamento…

 

Existe gente que precisa da ausência para querer a presença. O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama.
Arnaldo Jabor

Depois de anos num relacionamento, pode ser normal que surjam algumas dúvidas ou incertezas, principalmente quando o casal passa por momentos difíceis. Por mais que o coração doa, não podemos prender quem amamos… O amor é liberdade e não confinamento.

Por isso, caso tenha que enfrentar uma situação como esta na sua relação, não tenha medo. Quando o sentimento é verdadeiro, basta a simples ausência para provar como a outra pessoa é importante. Creia no seu amor, apenas isso.

Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer. Não brigue, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar, ou não.
Arnaldo Jabor

Como dito, por mais que a gente sinta vontade de gritar, chorar e implorar pelo amor de outra pessoa, não adianta de nada se o sentimento não brotar verdadeiramente de dentro do coração.

O melhor que há na vida!

Na vida e no amor, não temos garantias… Portanto não procure por elas… viva o que tem que ser vivido… Sem medos … O medo é um dos piores inimigos do amor e da felicidade…
Arnaldo Jabor

O medo de cometer erros pode ser a barreira que te impede de ser verdadeiramente feliz. Por maior loucura que algo possa soar, antes de tomar qualquer decisão importante você deve ouvir aquela singela voz que vibra de dentro do seu coração.

Devemos aprender com os erros, isso é certo… Mas não podemos permitir que eles nos tirem a capacidade de sonhar e ter esperanças.

Em outras palavras: VIVA! Não adie os seus sonhos para amanhã, comece a correr atrás deles hoje mesmo!

Deixe a seriedade para as horas em que ela é inevitável: mortes, separações, dores e afins. No dia-a-dia, pelo amor de Deus, seja idiota! Ria dos próprios defeitos. E de quem acha defeitos em você.
Arnaldo Jabor

Jabor também nos incita a não levar a vida muito a sério, quando não for preciso. Você já deve ter ouvido algo do tipo, eu sei… Mas, afinal de contas, o que significa “não levar a vida tão a sério”?

Não seja duro consigo mesmo! Não carregue um peso tão grande nos seus ombros por causa de erros do passado. Somos humanos, errar é permitido e aprender com os erros é nossa obrigação!

Permita-se ser feliz do jeito que você é!

O “manual de instruções” do amor

O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar. Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais. Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.
Arnaldo Jabor

Lembre-se: o que desperta o amor não é a “embalagem”, mas sim a qualidade do conteúdo. Se quiser amar e ser amado, fique atento ao modo como trata a pessoa que está ao seu lado.

Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam. Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
Arnaldo Jabor

No verdadeiro amor não há anulações, o casal permanece unido e, ao mesmo tempo, mantém a sua personalidade e particularidades. Uma das coisas mais incríveis no amor é a capacidade de somar e de ser somado.

Sobre a humildade

Talvez esta seja uma das frases mais conhecidas de Jabor.

Se pararmos para refletir sobre a imensidão do Universo (e este é um exercício que deveríamos fazer mais vezes), chegaremos a conclusão de que somos tão insignificantes como um cubo de gelo na Antártida!

Assim, antes de sairmos por aí nos achando os “reis do camarote”, devemos lembrar que a humildade é uma das qualidades mais importantes para termos uma vida mais feliz, digna e pacífica.

FONTEPensador
COMPARTILHAR
A Grande Arte De Ser Feliz

Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.


COMENTÁRIOS