Em setembro, o rei Salman, da Arábia Saudita, emitiu um decreto real histórico que finalmente permitiu que mulheres poderão dirigir no país a partir de junho de 2018.

“Esta é uma grande vitória para nós mulheres sauditas. Lutamos por este direito não apenas por anos, mas por décadas”, declarou em um tweet, Latifa Shaalan, membro do Conselho Shoura da Arábia Saudita.

Para celebrar este importante passo para a as mulheres sauditas, a Coca-Cola lançou um comercial super otimista no país, comemorando o decreto do Rei Salman.

Na campanha “Change Has A Taste”, “A Mudança Tem um Sabor” em tradução livre, o vídeo de um minuto, abre com a cena de um pai e sua filha mudando de assentos para que ela assuma a direção. Logo fica claro que ele vai lhe dar uma aula de condução.

A reação do público nas redes sociais tem sido um misto de sentimentos. Enquanto alguns parabenizam a empresa por reconhecer o marco histórico no país e eternizar o momento com um anúncio bem-humorado, outros acreditam que a Coca-Cola está explorando os direitos das mulheres para obter ganhos comerciais.

Tem até quem já tenha comparado a iniciativa da Coca ao fiasco da Pepsi no comercial protagonizado por Kendall Jenner, que acabou sendo retirada do ar.

Omar Bennis, diretor de assuntos públicos da marca, afirmou que a empresa celebra mudanças sociais e culturais positivas em suas campanhas e que aborda os valores da marca em torno da diversidade e da inclusão alinhando-se ao compromisso da Coca-Cola para permitir o empoderamento econômico das mulheres.

Assista:

FONTEHypeness
COMPARTILHAR
A Grande Arte De Ser Feliz

Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.


COMENTÁRIOS