Todos os atos praticados, nocivos ou benéficos, e as palavras emitidas, construtivas ou destrutivas, atingem o objetivo e produzem ação reflexa, volvendo ao ponto de partida.

“Quem mal faz, para si o faz”, ou “quem bem faz, para si o faz”. A lei do retorno não falha, por ser imutável como as demais leis que regem o Universo.

Ninguém precisa, para vencer na vida, ser desonesto, trapaceiro, espertalhão. E afinal o mundo encontra-se nesta aparente desordem justamente por causa disso. Toda ação tem uma reação, isso é uma lei da física.

Daí a importância da prática do bem. O problema não é apenas o de saber, mas sim o de cada um comprometer-se com ações efetivas no bem. E todos os dias temos milhares de oportunidades, ainda que pequeninas de semear a gentileza, o amor e a fraternidade.

Ainda que sintamos os efeitos da ingratidão em algumas de nossas ações no bem, não desanimemos e continuemos nossa caminhada com paciência e ânimo firme, convictos de que tais atitudes nos ajudam em nosso próprio processo de iluminação.

COMPARTILHAR
A Grande Arte De Ser Feliz

Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.


COMENTÁRIOS