Por Redação Hypeness

É tradição no Brasil ir aos correios para pegar uma das milhares de cartinhas que todo ano crianças do país inteiro escrevem ao Papai Noel. A ideia é “receber” aleatoriamente uma das cartas e comprar o que a criança pediu – e os correios se responsabilizam pela entrega. Dentre a maioria dos pedidos por brinquedos e outros desejos pessoais, sempre se descobrem histórias verdadeiramente comoventes, com o altruísmo e a generosidade franca que só uma criança pode ter – e foi esse o caso da carta de Pietro.

Pietro, de 7 anos

Com 7 anos, Pietro decidiu abrir mão dos próprios desejos para o Natal, e pediu ao Papai Noel que trouxesse dinheiro – o motivo, porém, é o mais nobre: ele quer comprar um remédio caríssimo para seu amigo João Gilberto, de 2 anos, que possui uma doença chamada atrofia muscular espinhal – uma condição degenerativa, que provoca fraqueza nos músculos e perda dos movimentos.

“Querido Papai Noel, neste dia maravilhoso eu quero pedir presente para o meu amiguinho João Gilberto. Ele está muito doente e o remédio é muito caro”, diz sua carta. “Eu sei que o senhor só faz brinquedo, mas, por favor, ajuda o João. Vai ser o melhor presente. Se todo mundo ajudar, o remédio chega e o João vai brincar, pular, correr e ser feliz para sempre”, conclui.

O pequeno João Gilberto, amigo de Pietro

A família do pequeno João Gilberto, depois que a doença foi diagnosticada e que eles descobriram o alto custo do tratamento, abriu uma página no Facebook e uma campanha de financiamento coletivo para tentar ajudar o filho e adquirir esse único remédio capaz de interromper a doença. Assim, por mais que a ajuda do Papai Noel seja fundamental, não é preciso ser o bom velhinho para ajudar o João Gilberto e fazer do Natal do Pietro um Feliz Natal.

FONTEHypeness
COMPARTILHAR

A Grande Arte De Ser Feliz

Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.

COMENTÁRIOS