Albert Einstein foi, sem dúvida, o mais importante cientista do século XX, e isso tudo mundo já sabe! Ele morreu em 18 de abril de 1955, em Princeton, cidade do Estado de Nova Jersey, nos Estados Unidos.

O físico revolucionou a ciência com sua teoria geral da relatividade, que se tornou um dos pilares da física moderna. Símbolo da inteligência e da sabedoria, Einstein foi uma grande figura da história mundial.

Confira 10 coisas que você provavelmente não sabia sobre ele!

Fatos desconhecidos sobre Albert Einstein:

1. Einstein demorou para aprender a falar

Albert Einstein demorou para começar a falar, e permaneceu relutante a falar até aproximadamente os sete anos de idade. Alguns chegaram a cogitar que ele pudesse ter síndrome de Asperger, uma desordem de espectro autista que afeta o desenvolvimento da linguagem e o comportamento em crianças.

2. Ele nunca falhou em matemática

Apesar de existir um mito de que Einstein tenha falhado em matemática no início de sua educação, isso não é verdade. Ele sempre se destacou em física e matemática e demonstrou aptidão para cálculos desde os 12 anos de idade.

3. Einstein teve suas melhores ideias em um ano

Em 1905, Einstein publicou quatro artigos que incluíam algumas de suas contribuições mais significativas para a física. Isso aconteceu quando ele escreveu sua dissertação de doutorado. Desses quatro artigos, um estabeleceu a teoria matemática da relatividade e o outro mais tarde ganhou o prêmio Nobel.

4. Ele não ganhou o Nobel pela Teoria da Relatividade

O Prêmio Nobel não foi concedido a Einstein pela teoria da relatividade, mas sim por um artigo sobre o efeito fotoelétrico, usando a teoria quântica.

Einstein recebeu a cidadania americana em 01 de outubro de 1940
01 de outubro de 1940, Einstein recebe a cidadania americana.

5. Einstein mediou uma negociação de reféns

Einstein era um pacifista. Na Alemanha pós-Primeira Guerra Mundial, ele mediou uma negociação de reféns, quando estudantes radicais da Universidade de Berlim tomaram o reitor e vários professores de forma violenta. Neste episódio, Einstein e Max Born, um pioneiro da mecânica quântica, foram capazes de neutralizar a situação.

6. Ele teve uma filha ilegítima

Enquanto frequentava a universidade em Zurique, Einstein teve um caso de amor com uma colega chamada Mileva Marić, que acabaria por se tornar sua primeira esposa. No início do relacionamento, no entanto, o casal teve uma filha chamada Lieserl. O bebê nasceu antes do casamento e não foi criada pelo casal. Muitos acreditam que a criança possa ter morrido ou ter sido dada para adoção.

7. Einstein era mulherengo

O casamento de Einstein e Marić acabou por causa dos flertes do cientista com outras mulheres. Uma de suas amantes, sua prima Elsa, acabaria se tornando sua segunda esposa. Ele também foi infiel no segundo casamento.

E=MC²
E=MC² – Teoria ou Princípio da Relatividade

8. O dinheiro do prêmio Nobel foi para um acordo de divórcio

O divórcio de Einstein e Mileva Marić foi concedido com uma condição: que ele desse à ex-mulher o dinheiro que ganhasse no prêmio Nobel. Isso aconteceu em 1922.

9. Einstein foi convidado para ser Presidente de Israel

Além de suas realizações na física, Einstein também era famoso por seu posicionamento político. Ele foi um pacifista por toda a vida e lutou contra a proliferação das armas nucleares após a Segunda Guerra Mundial. Em 1952, o primeiro-ministro israelense, David Ben-Gurion, ofereceu a Einstein a presidência do Estado de Israel, mas ele não aceitou por conta de sua idade avançada.

10. O cérebro de Einstein foi roubado

Einstein queria ser cremado após sua morte, mas o médico que realizou sua autópsia em 18 de abril de 1955, em Princeton, o patologista Dr. Thomas Harvey, tinha outros planos. Ele queria estudar o cérebro de um dos grandes gênios da época e, por isso, roubou o cérebro de Einstein. Depois de 43 anos, o órgão cortado e armazenado em frascos retornou para Princeton.

FONTESite de Curiosidades
COMPARTILHAR
A Grande Arte De Ser Feliz

Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.


COMENTÁRIOS