Assim como as plantas nos ajudam a limpar a poluição do ar (especialmente o musgo), não seria uma boa notícia se encontrássemos algo vivo que se alimentasse de plástico ?

Uma das notícias mais surpreendentes deste ano foi a incrível descoberta das propriedades de uma espécie exótica de cogumelo capaz de se alimentar de plástico.

Tudo foi possível graças ao  trabalho de pesquisa da Universidade de Yale, na Amazônia (aterrorizante pensar que estamos destruindo não apenas esse grande pulmão terrestre, mas também sua grande reserva de biodiversidade).

A descoberta ocorreu, mais especificamente, na Amazônia equatoriana, enquanto um grupo de pesquisadores universitários estudavam a grande diversidade de plantas e microorganismos na área.

Ao explorar o local, eles encontraram o Pestalotiopsis microspora, uma variedade de fungos capazes de se alimentar de plástico e com propriedades ainda mais incríveis: ele pode sobreviver de plástico em ambientes livres de oxigênio.

Isso o torna especialmente poderoso e esperançoso, pois é o tipo de condições atmosféricas que ocorre no fundo de grandes aterros sanitários.

Devemos agradecer aos alunos Pria Anand e Jonathan Russel. Alguns verdadeiros heróis ambientais que conseguiram isolar as enzimas que permitem que essas plantas degradem o plástico para consumi-lo.

Se você quiser saber mais, pode ler o estudo completo em Microbiologia Aplicada e Ambiental

A alternativa: os vermes de cera também degradam o plástico

A pesquisadora do Conselho Superior de Pesquisa (CSIC) Federica Bertocchini também descobriu que os vermes de cera ( Galleria mellonella ), que geralmente se alimentam de mel e cera de favos de mel, são capazes de degradar o plástico.

Este verme é capaz de biodegradar o polietileno, um dos materiais plásticos mais resistentes que existem. A descoberta foi patenteada pelo pesquisador, juntamente com Paolo Bombelli e Chris Howe, da Universidade de Cambridge.

Que vantagens o fungo tem contra esses vermes? Pode degradar o plástico em situações com pouco oxigênio, sem iluminação e, por fim, em situações mais extremas, como o fundo de grandes depósitos de esterco.

Traduzido do site: Muhimu.es

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.