Por site Greenme

A ação combinada de alho com vitamina C pode ajudar a reduzir a pressão arterial, pelo menos de acordo com um estudo piloto realizado nos Estados Unidos. Esta é uma pequena pesquisa que abre possibilidades interessantes para um estudo mais aprofundado sobre a combinação desses dois remédios naturais.

De acordo com alguns pesquisadores da Universidade de Cornell em Nova York, liderado por Adam Mousa, alho e frutas cítricas (contendo vitamina C) podem combater a hipertensão arterial de maneira segura e eficaz a um custo muito mais baixo que os anti-hipertensivos.

O estudo, publicado na revista Nutrition Research, recrutou 6 pacientes com pressão arterial moderadamente elevada (140/90 mmHg) que receberam um tratamento com placebo por 10 dias. Posteriormente, eles foram submetidos a 10 dias de tratamento com vitamina C, em seguida, a 10 dias com comprimidos de alho e, finalmente, a mais 10 dias com uma combinação desses dois remédios naturais.

A vitamina C sozinha não tem nenhum efeito hipotensor, mas viu-se que com o alho é capaz de baixar a pressão para um valor médio de 120/80 mmHg. Especificamente, viu-se que:

  • A produção de óxido nítrico endotelial aumentou em incríveis 200%.
  • Em média, a pressão arterial sistólica caiu de 142 mm para 115 mm.
  • A pressão arterial diastólica diminuiu de 92 mm para 77 mm em média.

É interessante notar que, uma vez interrompido o tratamento com alho e vitamina C, a pressão retornou aos valores básicos anteriores.

Os acadêmicos são cautelosos quanto aos resultados obtidos, mas avançam uma teoria sobre o funcionamento da combinação desses dois remédios que seria eficaz porque:

  • Alho: funciona permitindo a liberação de óxido nítrico (NO) nos vasos sanguíneos
  • Vitamina C: intervém eliminando os radicais livres

Na década de 1990, alguns cientistas norte-americanos levantaram a hipótese de que um consumo regular de vitamina C (500 mg / dia) diminuiria a pressão arterial de indivíduos hipertensos em pelo menos 10%. Ainda deixando claro que a vitamina C nunca poderia substituir a terapia anti-hipertensiva, considerou-se que ela poderia atuar, no entanto, como um bom coadjuvante.

Um grupo de pesquisadores liderados por Kenny Jialal (Universidade do Texas) escolheu recrutar 40 pacientes com hipertensão leve ou moderada e os dividiu em dois grupos. O primeiro tomou 500 mg / dia de vitamina C, enquanto o segundo tomou um placebo. Depois de um mês, a pressão média dos pacientes que tomaram vitamina C caiu 9,1%, enquanto no grupo placebo, 2,7%. Ambos os grupos nunca pararam de tomar drogas hipertensivas.

Pouco tempo depois, o potencial da vitamina C foi descoberto como um agente antioxidante. Vários estudos começaram a verificar o seu efeito sobre a hipertensão, mas os resultados foram decepcionantes.

O estudo piloto de Mousa, no entanto, abre uma nova hipótese porque associa um poderoso antioxidante, tal qual a vitamina C, com um agente de liberação da função protetora do endotélio e do óxido nítrico, como o alho, o que pode vir a ser a chave natural vencedora contra a pressão arterial elevada.

FONTEGreenme
COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.