Por Só notícia boa 

Um professor de história aposentado aprendeu sozinho sete idiomas. Autodidata, Dimas da Cruz Oliveira, de 63 anos, domina o português, sua língua nativa, inglês, espanhol, latim, italiano, francês, grego e alemão.

“Eu vejo na língua o instrumento para a literatura. Desde criança eu tive interesse de aprender outros idiomas para conhecer vários autores muito talentosos. E então, por curiosidade, comecei com dez anos a aprender o espanhol e não parei mais”, explicou.

Dimas é de Conquista, no Triângulo Mineiro, fez graduação em História em Uberaba, em 1976. Ele lecionou em São Paulo (SP) por alguns anos e também em escolas públicas estaduais do Triângulo Mineiro.

Autoditada

Dimas nunca frequentou aulas de idiomas, nem mesmo conhece o exterior. O professor tem 500 livros em uma pequena biblioteca em casa.

Além disso, o método que utiliza para aprender línguas não tem auxílio de redes sociais. Todos os idiomas ele aprendeu com auxílio de livros na língua e gramática.

O aposentado dedica oito horas por dia para praticar todos os idiomas que domina e ainda está aprendendo holandês e russo.

“Eu utilizo o método indutivo que é lento e muito difícil. Eu associo a leitura com gramática com auxílio sempre de um dicionário. Já tentei frequentar cursinhos, mas fiquei sem ter como pagar e não tenho muita facilidade em lidar com tecnologias”, contou Dimas.

Sorridente e simpático, o professor diz que francês e alemão são as línguas que ele tem mais facilidade.

Entre os desafios está o latim e o grego antigo, mas Dimas dribla a dificuldade assistindo missas celebradas em latim em São Paulo.

“Meu entusiasmo substitui a falta de recursos, um amor muito grande pelo saber. Sou um eterno curioso e é muito gratificante ver o fruto do meu esforço”, comemorou.

FONTESó notícia boa
COMPARTILHAR

A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.

COMENTÁRIOS