Nos dias de hoje é possível perceber que inúmeros hábitos da população foram sofrendo mudanças e adaptações.

Isso ocorre graças ao avanço tecnológico que ocorre todos os dias, que promove mudanças na sociedade em inúmeros setores.

Até os hábitos e hobbies da sociedade foram sofrendo mudanças também com este avanço. Grande exemplo disso é visto durante o século XX, onde a sociedade que consumia rádio pôde presenciar o surgimento da televisão.

Ainda, recentemente, vemos que a utilização de smartphones pela maior parte da população é uma atividade diária e também o uso de inúmeras redes sociais para se comunicar é realizado de maneira intensa.

Essa utilização exacerbada fica clara quando vemos o número de usuários dentro de cada rede social:

Facebook – 2.70 bilhões de usuários
Instagram – 1.16 bilhão de usuários
TikTok – 689 milhões de usuários
Pinterest – 442 milhões de usuários
Reddit – 430 milhões de usuários
Twitter – 3535 milhões de usuários

Dá pra notar de maneira clara que, atualmente, uma grande parte do planeta anda conectada nas mais diversas redes sociais. Logo, hoje iremos ver exemplos de texto motivador sobre redes sociais e principalmente a ocorrência deste tema no vestibular.

O uso de redes sociais e a saúde mental

Muito se discute, nos dias de hoje, sobre a questão da saúde mental da população devido a grandes avanços tidos na ciência e na medicina.

Esse debate se acentua ainda mais no contexto de pandemia e isolamento social que vários países ainda enfrentam, atualmente.

Logo, um possível tema que pode ser cobrado em redações de vestibular é o impacto que a utilização exagerada de redes sociais possui na saúde das pessoas.

Um grande exemplo deste impacto que pode ser citado em redação é o surgimento da FOMO, ou Fear Of Missing Out.

De acordo com o Wikipedia, o Fear Of Missing Out, ou em um português literal ‘’o medo de ficar de fora’’ é uma síndrome psicológica definida pelo medo de ficar de fora do que ocorre no mundo tecnológico.

Existem dados estrondosos sobre esta síndrome. Por exemplo, dois terços de todos os usuários de redes sociais sofrem de FOMO em algum momento.

Algumas causas para esta síndrome incluem:

Mau uso das redes sociais
Solidão
Baixa autoestima
Excesso de informação vindo das redes sociais

Enquanto algumas consequências trazidas pela FOMO são:

Ansiedade
Depressão
Medo
Isolamento

Ainda, é interessante se notar que, no atual contexto de pandemia, estes fatores podem ocorrer de forma acentuada, tornando a FOMO uma síndrome ainda mais aguda.

Além disso, existem diversos fatores que reforçam o impacto que o uso exagerado de redes sociais possui. Por exemplo, as mídias sociais têm sido frequentemente descritas pela ciência como mais viciantes que álcool e tabaco.

Cientistas também defendem que redes como o Instagram e o Snapchat são nocivas para a saúde mental devido a seu foco exacerbado na questão estética e de imagem.

Portanto, como dito anteriormente, é essencial ficar por dentro deste tema pois ele anda extremamente em alta e pode aparecer ao longo de redações em diferentes vestibulares.

Ambiente tóxico das redes sociais


Outro fator que impacta diretamente na questão da saúde mental e na qualidade de vida dos usuários é a toxicidade do ambiente das redes.

A Internet como um todo traz uma sensação de segurança e anonimato para quem a usa. Logo, é possível ver menos receio em exibir comportamentos agressivos e segregacionais por parte dos usuários.

Redes sociais como o Twitter, por exemplo, atualmente são notórias por abrigar comportamento tóxico por uma grande gama de usuários.

Este comportamento tóxico, dentro da plataforma, se manifesta através de preconceito, segregação e através da tão falada cultura do cancelamento.

A cultura do cancelamento surge com um intuito positivo: o de expor pessoas com comportamento e atitudes tóxicas nas redes sociais e na vida real em uma espécie de justiça com as próprias mãos.

Contudo, atualmente, muitas pessoas e grupos sociais utilizam do ‘’cancelamento’’ de maneira completamente egoísta, errônea e intensa.

Esta cultura ajudou a fomentar um ambiente tóxico e segregacionista dentro de inúmeras redes sociais utilizadas atualmente, trazendo um falso senso de justiça para quem cancela e podendo trazer sérios prejuízos para o cancelado.

Um notório caso de cancelamento que ocorreu atualmente e que possuiu grandes impactos no mundo real foi o da artista Carol Conká.

A artista apresentou comportamentos que muitos julgam como reprováveis enquanto estava na última edição do Big Brother Brasil.

Durante este período, a artista foi duramente criticada por suas atitudes nas redes sociais, o que levou a uma onda de cancelamento frente à artista.

Independente de justa ou injusta, esta onda de cancelamento trouxe efeitos reais na vida profissional da artista, pois diversas marcas cancelaram seus patrocínios com ela e Carol também foi duramente criticada pela comunidade artística.

Certo ou não, as redes sociais podem criar este ambiente de exclusão frente a atitudes tomadas por uma determinada pessoa.

Muitas vezes este cancelamento tem fundamento e muitas vezes ele não tem, atuando apenas como uma ferramenta para julgar e segregar uma pessoa ou um grupo por uma razão em particular.

Conclusão
Apesar da Internet e do avanço tecnológico trazer inúmeros benefícios para a sociedade nos dias de hoje, existem também diversos malefícios vindos com estes avanços, cometidos por usuários mal-intencionados.

Como o uso de redes sociais e de ferramentas tecnológicas anda tão em alta, é seguro se esperar que haja algum tema relacionado nas provas de vestibular deste e dos próximos anos.

Ainda, é necessário se pontuar que, aos poucos, as redes sociais tendem a substituir os meios convencionais de comunicação, estando assim mais e mais presentes na vida da população ao longo dos anos.

Capa: Imagem de Gerd Altmann por Pixabay

RECOMENDAMOS



Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.