Assim que Luke, o filho de 15 anos de Lauren Salmon viu Roo na internet, foi amor imediato e a família sentiu que deveriam adotá-la. Devido a sua deficiência, seria muito difícil encontrar um lar para cadelinha, e se não fosse possível, o seu dono a teria sacrificado.

Quando o garoto e sua mãe chegaram para buscá-la, ela ficou pulando sem parar, utilizando as patas traseiras, todos notaram o quanto a cadelinha em vê-los, parecia sentir que estava a salvo, e eles souberam que, apesar de ter uma deficiência, a cachorrinha era cheia de vida.

“Ela é cheia de energia. Não há muitos cães como Roo por aí ”, disse Salmon. “Acredito que filhotes com deficiência são mortos, porque não tem valor comercial, mas para nós ela é insubstituível”.

Desde que Luke trouxe Roo para casa, eles se tornaram inseparáveis parceiros. O garoto sabe exatamente como é se sentir estranho. Ele sofreu muito bullying na escola devido seu diagnóstico de psoríase, uma deficiência que deixa a pele coberta de manchas vermelhas.

Agora ele tem uma nova melhor amiga, e Roo também!

Além de ter donos dedicados e carinhosos, Roo agora tem a companhia de outros animais, um cachorro, dois gatos e dois coelhos.

Outra notícia boa é que a família está trabalhando na busca de uma solução para melhorar a mobilidade de Roo. Embora suas duas pernas extras a impeçam de andar normalmente, elas não lhe causam dor.

Com informações do site Portal do Animal

 

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.