Com o tempo, o conceito de família se tornou mais inclusivo e aberto perante à sociedade. Agora, um núcleo familiar legítimo pode ser composto por um pai, mãe e filhos – bem como, dois pais, duas mães e filhos adotivos e/ou biológicos.

Os direitos da população LGBT+ têm sido reconhecidos, especialmente nos países ocidentais, de modo que essas pessoas consigam constituir família e viver em plenitude sem estigmas ou discrminação.

Miguel Sánchez e Ismael Mena, um linguista e um professor, respectivamente, são um casal que sempre sonhou em cuidar de mais de um filho juntos, e graças à adoção para homossexuais que vigora desde 2005 na Espanha, eles foram capaz de realizar seu sonho de uma forma ainda melhor do que o esperado.

Leia também: Justiça obriga tutora de 3 cães a tirar animais de casa após reclamação de vizinha sobre latidos

Miguel e Ismael tornaram-se pais de trigêmeos recém-nascidos que vieram como uma bênção para suas vidas.

Sabe-se que os processos de adoção são lentos, especialmente para casais homoafetivos, então eles deram entrada ao pedido em outubro de 2020 com a oferta de adoção à Junta de Castilla y León, segundo o jornal El Diario.

Queriam adotar “duas ou três crianças” , que podiam ser desde bebês até crianças de 5 anos, mas sempre se abriram para mais possibilidades porque o que mais importava era amar as crianças e dar-lhes um lar.

Eles sabiam que era um procedimento que poderia levar de 2 a 3 anos, mas em apenas 15 meses receberam uma surpresa importante: trigêmeos recém-nascidos entregues ao Estado seriam legalmente seus filhos adotivos.

O engraçado é que eles foram informados da notícia no dia 28 de dezembro de 2021, o Dia da Mentira na Espanha. Logo, duvidaram de sua veracidade porque era muito provável que fosse uma piada de mau gosto, embora tenham aceitado a ideia.

“Eles nos disseram que já tinham as meninas, três trigêmeas. Meu marido teve um ataque de riso, eu demorei a reagir, mas dissemos sim imediatamente”, disse Miguel.

O casal recebeu os bebês algumas semanas depois e, graças à ajuda de familiares e amigos, conseguiram berços, mamadeiras e tudo que as crianças precisavam.

Embora pareça um trabalho exaustivo e insatisfatório cuidar de três recém-nascidos, a verdade é que Miguel e Ismael aproveitaram cada segundo. Eles estão vivendo o sonho que há muito esperavam realizar.

“Elas são crianças maravilhosas, dormem bem e nos deixam dormir longas horas, estamos encantados, não houve momentos ruins, eles estavam um pouco inquietos na primeira noite e pronto”, disse Miguel.

Como são trigêmeos, você precisa descobrir como identificá-los, mas eles têm tudo sob controle. Eles os reconhecem por alguma mancha no corpo ou pelo tom de voz, e os levam para passear juntos de carro. “É que eles gostam, eles se aconchegam, gostam de contato e ficam muito calmos, e adoramos usá-los assim “, disse Miguel.

Uma experiência que tem sido maravilhosa para o feliz casal, e eles esperam motivar aqueles que esperam ter seus filhos em breve. “Contamos esta experiência porque teríamos gostado de ler algo assim quando iniciamos o processo de adoção e porque em Castilla y León o número de crianças não adotadas é maior do que a de adotadas”, completou.

Leia também: Amigas provam que a mesma roupa pode ficar ótima em corpos diferentes; confira fotos

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

Fonte: El Diario

RECOMENDAMOS