O gari e catador de latinhas Nilson Habeck realizou o seu grande sonho: entrou para a Universidade.

Nilson mora no interior de Ibirama, no Vale do Itajaí e vai cursar Engenharia Civil na Universidade do Estado de Santa Catarina.

A decisão foi tomada há 8 meses quando começou a estudar para o Vestibular de Verão, em agosto do ano passado, na própria biblioteca da universidade.

A partir de então, a luta for árdua. Ele precisou inverter o turno na prefeitura, onde trabalha como gari, para estudar todos os dias pela manhã na Biblioteca da Udesc Ibirama, no Bairro Bela Vista.

A partir de então, diariamente, Nilson percorreu cerca de 12 quilômetros com sua bicicleta para ir de Presidente Getúlio até o campus da Udesc estudar para o vestibular.

O resultado veio: ele foi aprovado no curso de graduação em Engenharia Civil.

O novo universitário vem de uma família alemã humilde. Ele trabalhava na roça para sobreviver ao lado dos pais e do irmão, no Bairro Rio Rafael Baixo, no interior de Ibirama.

Ele perdeu o pai e, há três, a mãe. Mas decidiu permanecer na mesma casa da família. Trabalhava na lavoura, plantava fumo, pepino, milho, a terra era boa, diz ele. Mas a renda da roça não dava para pagar as contas da casa.

Ele conseguiu um emprego de gari na Prefeitura de Presidente Getúlio, município vizinho a Ibirama, e, no contraturno, cata latinhas de alumínio pela cidade para melhorar a renda..

“Foi difícil, há muito tempo eu não estudava. Mas tem que ter fé”, diz Nilson, que frequenta a igreja evangélica da região.

Para Nilson, a aprovação foi uma festa! Ele diz que já está se entrosando com os colegas de sala. “Já fiz trabalhos em grupo, eles me ajudam bastante”, conta, orgulhoso.

O curso de Engenharia Civil tem duração de cinco anos.

“Eu sempre quis estudar, ler, ter conhecimento. Eu acreditei que ia conseguir. Lutei muito para chegar até aqui”, afirmou o novo universitário.

Fonte: Só Notícia Boa e Universidade de Santa Catarina

RECOMENDAMOS



Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.