Boa ação na quarentena

Diante do atual cenário mundial várias pessoas estão demostrando preocupação com o próximo, se dedicando em fazer o bem. É de extrema  importância esse espírito solidário, visto que uma grande maioria se encontram em situação complicada.

O chef José Andrés é um exemplo disso, e está transformando oito de seus restaurantes em Nova York e Washington, nos EUA, em cozinhas de sopa gourmet para alimentar desempregados, que lutam para sobreviver no meio da pandemia de coronavírus.

Para quem pode pagar, ele cobra uma quantia simbólica de 7 dólares – 35 reais – pela refeição, com opção de deixar um prato pago para pessoas que estiverem em condição financeira comprometida por terem perdido o emprego.

“Quem não puder pagar, também será bem-vindo”, disse Andrés em comunicado, dizendo ainda que muitos de seus restaurantes não estarão atendendo clientes comuns durante esse período.

O Spanish Diner de Andrés Little Spain, em Hudson Yards, funcionará como uma espécie de cozinha comunitária nas portas de vidro da garagem. Já a parte comercial permanecerá fechada. Alguns dos outros restaurantes de Andrés em Washington, DC, também servirão no estilo drive thru, comida para viagem.

A cozinha comunitária abre do meio-dia às 17h para retiradas de alimentos, respeitando a ordem do prefeito de Nova York, que determinou que todos os restaurantes ofereçam apenas comida para viagem ou entrega.

Além do restaurante de Andrés, outros estabelecimentos oferecem cardápios com descontos, incluso serviço de entrega.

Com informações:  NYPost

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.