Por Letícia Flores

A doença de Huntington ou mal de Huntington é um distúrbio neurológico hereditário caracterizado por causar movimentos corporais anormais e falta de coordenação, também afetando várias habilidades mentais e alguns aspectos de personalidade.

Muitos pacientes a descrevem como uma doença devastadora, um misto entre mal de Parkinson e o de Alzheimer.

Isso acontece em função de um erro em uma seção do DNA do portador, chamada ‘gene huntingtina’, que originalmente produz uma proteína indispensável para o cérebro.

No entanto, a disfunção dessa seção leva à morte das células cerebrais, afetando a cognição e o sistema motor do paciente de forma gradativa.

Estima-se que 25 mil pessoas vão desenvolver a doença, que afeta os portadores no auge da vida adulta, levando-as à morte em até 20 anos após os primeiros sintomas aparecerem.

No entanto, cientistas da Universidade de Londres acreditam ter feito a maior descoberta dos últimos 50 anos sobre a cura de doenças degenerativas como o mal de Huntington.

Eles criaram uma droga experimental que é injetada na espinha e baixa os níveis de proteínas tóxicas no cérebro de forma segura.

Desta forma, a equipe de pesquisadores espera poder controlar os malefícios dessa doença.

O professor John Hardy, vencedor do prêmio Breakthrough Prize por seu trabalho com Alzheimer, disse que a descoberta é “potencialmente, a maior descoberta sobre doenças degenerativas nos últimos 50 anos”.

“Pela primeira vez, nós temos o potencial, nós temos a esperança, de uma terapia que um dia pode retardar ou prevenir a doença de Huntington. É de importância fundamental para pacientes e suas famílias”, disse a professora Sarah Tabrizi, pesquisadora-chefe e diretora do Centro de Doença de Huntington na University College London.

Enquanto isso, famílias afetadas pela doença genética comemoram:

“Eu sou a pessoa mais sortuda do mundo por estar aqui na iminência de ter algo assim. Com sorte, isso estará disponível para todos, para os meus irmãos e principalmente para as crianças”.

Compartilhe essa notícia de esperança com os seus amigos e familiares!

VIASó notícia Boa
FONTEAwebic
COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.