Por  MCelia

Os cinquenta anos marcam a virada de meio século, o que pode ser assustador, mas que como qualquer outra idade, pode ser cheia de boas surpresas.

A virada dos cinquenta marca o momento em que paramos de viver sonhos secretos e passamos a realizá-los. Começamos ter maior consciência do que realmente queremos, resultado da experiência adquirida com a qual iniciamos uma nova e linda fase.

Veja abaixo as sete coisas que aprendemos aos 50 anos:

1- Experimentar coisas novas

Já não temos tanto tempo para ficar pensando muito no que queremos fazer. É a hora de viver todas oportunidades intensamente, a vida deve ser aproveitada da melhor maneira possível. Não diga: “Vou fazer isso mais tarde” ou “Na próxima vez vou fazer isso”. É a hora de parar para pensar no que realmente queremos fazer com nossas vidas!

2- Não se importar com coisas que não lhe dizem respeito.

Um certo “egoísmo saudável” bate na gente… Começamos a perceber o tempo perdido fazendo coisas que não nos dizia respeito ou éramos mais preocupadas com coisas que deixaram de ser tão importantes com o passar do tempo. Como se fosse um tipo de libertação de pequenas coisas que deixam de ser importantes.

3- Gostar da gente como a gente é, por dentro e por fora

É inegável, aos cinquenta, sofremos transformações físicas inevitáveis, mas a mudança da mente e da alma vem junto. Passamos a nos perceber mais bonitas, mesmo contrariando o espelho. É a fase de nos cuidarmos mais, interna e externamente. De nos aceitar como somos: lindas!

4- Desenvolver este “egoísmo saudável”

Com cinquenta anos descobrimos que somos o que somos. Damos o que conseguimos e as pessoas valorizam o que podemos oferecer. Transparência e honestidade são marcas registradas desta fase. “Quem me ama que me siga” é o lema da mulher 50+!

5- Esquecer algumas regras

Viver sem seguir muitas regras é uma das coisas boas da virada dos 50 anos. Nos libertamos de alguns conceitos (de beleza, moda etc.) que vivemos anos seguindo. Aquela sensação de que temos que ter tudo que está na moda ou que temos que fazer vários procedimentos para ficar mais bela acaba. Só fazemos e usamos o que realmente nos agrada.

6- A liberdade de decidir seu próprio tempo

Com os filhos grandes, chegou a hora de poder fazer o que bem entender com o nosso tempo livre. Podemos nos dedicar aos nossos parceiros, às paixões, ao prazer de poder fazer o que quiser do nosso tempo sem ter que nos justificarmos, e sem vergonha de às vezes não fazer nada!

7- Chance de realizar seus sonhos

Uma das coisas mais positivas da virada dos cinquenta anos é a possibilidade de realizar aquilo que sempre pensou em fazer, mas nunca teve tempo ou coragem de fazer. Ser infeliz e reprimida são coisas que aprendemos a lidar e, com a chegada dos cinquenta, tentamos realizar nossos sonhos.

FONTEViva 50
COMPARTILHAR

A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.

COMENTÁRIOS