A primeira vista, a flor esqueleto (Diphylleia grayi) parece ser somente uma flor comum. Ela possui 5 delicadas pétalas brancas, ligeiramente curvadas para cima, e é amarela no centro.

A flor esqueleto pode ser encontrada somente em três lugares no mundo. A planta cresce em encostas úmidas, nas partes mais frias do Japão, China e nas montanhas Apalaches, nos Estados Unidos.

Entretanto, a mágica acontece quando as pétalas são molhadas pelas gotas de chuva. As pétalas da flor esqueleto deixam se ser puramente brancas e se tornam transparentes, em contato com a água.

Porque a flor esqueleto fica transparente quando chove?

(Flor esqueleto com as pétalas transparentes após serem molhadas)

Esta mudança não é devido a pigmentação sendo “lavada”, como muitos pensam a princípio. O responsável é na verdade a estrutura das células nas pétalas.

A estrutura das células nas pétalas permite que a água se infiltre. Portanto, quando a chuva vem e as gotas de água começam a molhar a flor, a água penetra nas células da pétala, tornando ela transparente como água. Ao secarem, elas voltam a ser branquinhas.

Para entender melhor, imagine que as pétalas são como uma folha de papel branco que absorve água, como as toalhas absorventes que você tem na cozinha. Se você molhar bastante esse papel, as partes molhadas ficam ligeiramente transparentes, devido a absorção da água. Do mesmo modo que a flor esqueleto, elas voltar a ficar brancas quando secam.

A flor esqueleto floresce entre os meses de maio e julho nas regiões propícias. Ainda são incertos quais são os benefícios desta mudança de cor para a planta, mas o certo é que ver essa delicada transformação é um mimo da natureza.

Posteriormente a floração, as flores se tornam pequenas frutinhas azuis.

FONTE: Admirável Curioso

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.