“Pigcasso” é o apelido da porca batizada em homenagem ao pintor espanhol Pablo Picasso e é o primeiro animal que está prestes a tornar uma estrela no mundo da pintura. Verde, vermelho, azul e amarelo são algumas das cores que esta leitoa africana utiliza para dar forma a esta atípica arte suína. “Definitivamente, tem talento”, afirmou a crítica de arte Marjorie Allthorpe-Guyton.

Com apenas quatro semanas de idade, foi resgatada e com o tempo, demonstrou muito interesse pelos lápis e pincéis.

Quando Lefson, ativista que resgatou a pequena artista que aliás já estava na fila do abatedouro, se deu conta da afinidade do animal com a pintura, começou a treinar Pigcasso com reforços positivos – comida em troca do trabalho bem realizado – para que continuasse pegando os pincéis com seu focinho e experimentando em uma tela. Lefson afirma que não a obriga a pintar e que “ela faz isso quando quer”.

Nas redes sociais a porca rosa possui conta própria administrada por sua dona e lá são postados muitos vídeos de todo processo criativo.

Em janeiro foi inaugurada sua primeira exposição, Oink!. A arrecadação das vendas de suas obras, disponíveis em seu site ou na exposição, serve para financiar o refúgio onde vive e conscientizar a população do impacto no meio ambiente de algumas produções de carne. Todos os seus quadros têm um certificado de autenticidade firmado por Pigcasso.

 

COMPARTILHAR

A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.

COMENTÁRIOS