Daniel De Granville é um fotógrafo da natureza que teve um encontro inesperado com uma sucuri gigante no fundo das águas do rio Formoso, localizado em Bonito (MS). Daniel registrou o encontro, e as imagens mostram a cobra nadando nas profundidades do rio de águas cristalinas.

O calcário, é uma característica típica presente nos afluentes da região de Bonito, em um vídeo, podemos ver a serpente levantando o sedimento do fundo do rio conforme se rastejava. Também foi capturado um momento impressionante em que a cobra se aproxima de Daniel e coloca sua língua para fora.

“Era das grandes. Não foi possível estimar com mais precisão, mas pela nossa experiência era nessa faixa de 6 metros ou algo bem perto disso. Repare como a sucuri tira proveito do fundo do rio para se deslocar mais rápido (devido ao atrito). Chega levantar uma nuvem de sedimentos”, afirma o fotógrafo.

Leia também: Padre Fábio faz homenagem a Grazi Massafera: “Que a vida continue nos permitindo caminhar lado a lado”

O banhado do rio Formoso, onde o vídeo foi gravado, é conhecido pelos biólogos como um tipo de “berçário das sucuris gigantes”.

“O registro foi feito região do Banhado do Rio Formoso, que é uma área fechada para visitação, mas muito importante na manutenção da qualidade das águas deste rio. É tipo um berçário das grandes sucuris.”

O hábito de nadar no fundo dos rios, é típico das serpentes fêmeas, assim como a sucuri do vídeo, que, por conta de seu peso e tamanho, não costumam frequentar as superfícies.

“Os machos, menores, não costumam ir tanto para o fundo. Muitas vezes ficam nadando em meia água ou na superfície mesmo. As fêmeas, talvez pelo tamanho e peso, usam mais o fundo do rio”, explica Daniel.

Assista ao vídeo:

 Leia também: Fernanda Vasconcellos e Cássio Reis anunciam nascimento do primeiro filho! Que fofura!!

Fonte: Jornal de Brasília

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS