Por Francine Agostini

Se você tem 1% de chance, tenha 99% de esperança!

Desde que assisti uma entrevista do Mário Sergio Cortella explicando a definição da palavra esperança, não perco a chance de propagar seu conceito, que ao invés de derivar do verbo esperar, vem do verbo esperançar que significa acreditar que é possível, e quando acredita-se que algo é possível, cria-se ações que rumam à realização.

A esperança é um sentimento nobre que precisamos preservar para que as circunstâncias da vida não nos paralisem. Uma pessoa sem esperança tende a parar de agir, porque acredita que todos os seus esforços são em vão. Quando deixamos de acreditar que há possibilidades, passamos a reagir ao invés de partir para ação e nos tornamos defensivos.

Diante do cenário político e econômico atual, a esperança do brasileiro está em vias de extinção. Hoje até as crianças já conversam entre si sem esperança em relação ao nosso país. Isso pode parecer natural aos olhos de alguns, mas pense comigo: As crianças são o futuro dessa nação e se elas não sonharem com um país melhor, o que vai movê-las?


“Cada sonho que você deixa para trás é um pedaço do seu futuro que deixa de existir”. Steve Jobs

A falta de esperança cria pessoas oportunistas, pois estas passam a viver como sobreviventes. Acreditam que como tudo está perdido, só lhe resta garantir o seu.

Com esperança é possível desenvolvermos a auto responsabilidade, tão necessária ao nosso país e à nossa vida pessoal. A auto responsabilidade nos ensina que não devemos olhar para fora e ver os que os outros fazem e sim olhar para dentro e observar o que cada um de nós pode fazer.

Pessoas reativas não mudam nada, só dramatizam!

Um exemplo disso é o projeto Esperança, Criança e Família (Happet) idealizado pela norueguesa Tine Andreassen na cidade de Taubaté (SP). Uma ONG criada para ajudar na orientação educacional de crianças e adolescente e suas respectivas famílias. Ao ser questionada por mim do porque deixar o seu país para viver aqui, ela respondeu: – Ao perceber que essas crianças e adolescentes não tinham sonhos, me convenci de que era preciso fazer alguma coisa pelas crianças do Brasil. Visite o site www.haapet.com

Hoje faz treze anos que essa estrangeira reside em nossas terras e ensina essas crianças a sonhar. Se ela não tivesse esperança e auto responsabilidade em relação ao seu projeto, jamais teria seguido seu coração e realizado algo tão cheio de propósito. Tine afirmou com muita emoção que esse projeto deu sentido à sua vida.

“O mundo está nas mãos daqueles que tem coragem de sonhar e de correr o risco de viver seus sonhos”. Voltaire

São exemplos como esse que me fazem entender que ter esperança é muito mais do que ser otimista, porque é mais do que achar que vai dar certo. É fazer, fazer e continuar fazendo para dar certo. Estamos aqui para evoluir e sem esperança não temos ânimo para realizar coisa alguma.

Somos uma semente com infinitas possibilidades de nos transformarmos em uma árvore frutífera. Não podemos privar o mundo dos nossos frutos. Só um coração que transborda esperança é capaz de pulsar com a força necessária para sonhar e realizar!

FONTEQuero Evoluir
COMPARTILHAR

A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.

COMENTÁRIOS