“Ainda fico surpresa quando falo sobre isso, é muito difícil explicar que nossa filha ficou congelada por 13 anos”, diz a mãe.

Chris e Nancy Weiss sonhavam em se tornar pais, mas os anos passaram e as tentativas não deram frutos, e ao longo de tanta espera sentiam que já estavam ficando velhos.

Ambos têm 44 anos e depois de tentar conceber sem sucesso durante vários anos, decidiram procurar ajuda para gerar um bebê.

 

Durante 24 meses eles tentaram todos os métodos naturais possíveis para Nancy engravidar, mas nenhuma das tentativas foi proveitosa. Sua última esperança era a fertilização in vitro.

Infelizmente isso também não funcionou e ela passou pelo doloroso momento de sofrer cinco tentativas fracassadas. Eles perderam a esperança, tudo parecia ser em vão, embora tivessem uma última opção.

Alguém lhes disse sobre adoção, mas não de crianças já nascidas, mas embriões congelados por outras famílias, ou seja, os ovos de transferência e fertilizados, concebidos e mantidos por outros casais que optaram em não querem ser pais novamente .

“Esses embriões são o resultado maravilhoso de ciclos de fertilização in vitro anteriormente bem-sucedidos. Em alguns casos, um casal pode ter tantos filhos quantos quisesse e ficar com um excedente de embriões congelados. Então eles enfrentam a opção de destruir os embriões não utilizados, usá-los para a ciência ou, como foi o caso de nossa pequena Luna, há alguns escolhidos que optam por doar para outros casais como nós que esperam começar uma família “, escreveu Nancy. na sua conta do Facebook.

A mulher recebeu uma taxa de sucesso de 50% e felizmente engravidou imediatamente, a partir desse momento começou a gestar sua filha Luna, um bebê que foi concebido em 2004, mas nasceu em 31 de dezembro de 2017.

“Ainda me surpreende quando falo sobre isso, é muito difícil explicar que nossa filha ficou congelada por 13 anos”, disse Nancy em uma entrevista.

Nos Estados Unidos, é cada vez mais comum adotar embriões entre casais que têm problemas para procriar e estima-se que o número de adotantes aumente consideravelmente nos próximos anos.

Luna completou um ano na última segunda-feira (31)

FONTEUPSOCL
COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.