Por Redação Hypeness

Uma ex-catadora de lixo transformou a própria casa em creche para cuidar de um dos maiores problemas que observava quando trabalhava no Lixão da Estrutural, o maior da América Latina, localizado em Brasília.

Com quatro filhos pequenos e sem encontrar vagas nas creches públicas da região, Márcia Pinheiro optou ela mesmo por abrir uma unidade gratuita que prestasse o serviço.

A creche fica na chácara da Santa Luzia, uma área invadida próxima ao lixão, que foi fechado no último fim de semana.

Quatro cômodos da casa foram transformados para acolher até 30 crianças entre segunda e sexta-feira. “Não aguentava mais trabalhar no lixo. Ai pensei: se eu fizer uma ‘creche’, não vou precisar pagar uma para meus filhos e ainda ajudo outras mulheres”, disse ela ao G1.

Márcia é adepta da ideia de que educação transforma e, por conta disso, passou a oferecer aulas de inglês, pintura e matemática para jovens da comunidade durante o fim de semana.

Aos sábados e domingos, a casa recebe, em média, 120 adolescentes, que são conduzidos por um time de professores voluntários.

A Secretaria de Educação confirma a existência de apenas uma instituição pública na região, além de outra conveniada ao Governo do Distrito Federal.

De acordo com o órgão, as duas creches atendem 594 crianças entre 4 e 5 anos e não há falta de vagas para essa faixa etária.

A secretaria reconhece, porém, que cerca de 300 crianças da Estrutural, que estão na faixa etária de 0 a 3 anos – não obrigatória por lei – aguardam por vagas nas instituições vinculadas ao governo de Brasília.

O projeto de Márcia Pinheiro chama-se Arte e Sonhos e vive de doações e voluntariado. São sete voluntárias fixas, sendo quatro ex-catadoras. As outras três voluntárias moram em outras regiões do Distrito Federal e contribuem com a doação de alimentos e cuidados médicos para as crianças.

Com informações do G1

FONTEHypeness
COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.