Imagina criar um urso em casa como se fosse um cachorro?

Vem conhecer essa história…

Quando a chinesa Su Yun trouxe um cachorrinho de estimação para casa, ela começou a desconfiar que havia algo errado devido ao apetite fora do comum para um cãozinho: “Ele comia dois baldes de macarrão e uma caixa de frutas todos os dias.”

A estranheza cresceu ainda mais quando, meses depois, ele mostrou uma inusitada habilidade em andar sobre as duas patas

Yan e a família pensavam que o pet era um mastim tibetano – raça famosa de cães de grande porte, pesados e pelagem negra espessa. Muito popular entre a elite chinesa, o cão é vendido por milhares de dólares.

Na fase adulta ele fica assim:

O filhotinho era na verdade um urso de uma rara espécie da região que é vendida no mercado negro. “Quanto mais ele crescia, mas ficava parecido com um urso” , lembra Su.

Dois anos depois da compra, ele foi identificado como um urso negro asiático de quase cem quilos. “Eu tenho um pouco de medo dos ursos”, completou.

A família pediu ajuda e o animal foi transferido para um centro de proteção (Centro de Resgate de Vida Selvagem em Yunnan). Pasmos com a história, os tratadores preferiram sedar o urso durante o transporte.

Fonte: Portal do animal

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.