Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação
Rafael Santanda, de 39 anos, perdeu a sua vida ao cair de uma altura de cerca de 30 metros, na cachoeira Azul, em Brazlândia. O motivo diz muito sobre os nossos tempos em que a imagem vale tanto ou mais que a vivência do momento: ele tentava fazer uma selfie.

Ele pisou em uma das pedras escorregadias daquele local e despencou na queda d’água.

A informação foi confirmada ao G1, na data de hoje, pela Polícia Civil do Distrito Federal.

Consta na ocorrência policial que:

“Os investigadores tiveram conhecimento de que a vítima tentava realizar uma selfie, quando escorregou em uma das pedras da cachoeira e, por conseguinte, foi arrastada pela correnteza, colidindo com diversas pedras das corredeiras”.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou a ir ao local, fez o resgate da vítima, e tentou procedimentos de reanimação. Porém, o homem morreu no local. Ao todo, 13 militares e três veículos participaram da operação.

RECOMENDAMOS



Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.