Hoje um dos países mais afetados pela pandemia, cerca de 13 milhões de brasileiros estão desempregados e mais de 1 milhão perdeu o emprego em decorrência da crise do coronavírus. Mesmo assim o coração do brasileiro encontra um jeito de ajudar o próximo!

O libanês Youssef, de 91 anos, vive em Guarulhos – São Paulo e possui a loja de tecidos Aoun há 27 anos. No entanto, depois de mais de 3 meses fechada, ele viu seus negócios despencarem e precisou se render a tecnologia e pedir ajuda através das redes sociais.

apelo velhinho loja de tecidos 1

Com uma plaquinha feita à mão e um olhar tímido e humilde, Youssef dizia: “Vendo tecidos no centro de Guarulhos. Venha conhecer”. 

A história viralizou e a fotografia publicada no Instagram da loja recebeu mais de 37 mil likes. Mas não é apenas isso. Atualmente o telefone da loja simplesmente não para de tocar e eles têm encomendas do Brasil inteiro. “Ele foi ao banco e os funcionários o reconheceram, ele está até um pouco assustado com a repercussão. O telefone da loja não para de tocar. Temos pedidos do Rio de Janeiro e do Espírito Santo”, explica a filha Leila Aoun.

apelo velhinho loja de tecidos 2

Com tecidos de qualidade e estampas únicas, tem muita gente comprando inclusive para costurar máscaras. Mas ele pede cautela e diz para quem for à loja, não esquecer da máscara! “Por favor, quem for visitar a loja, não se esqueça de ser cauteloso e tomar todos os cuidados necessários para evitarmos a propagação do vírus. Evite aglomerações, use máscara e não se esqueça do álcool gel!”, pediu o vovô.

apelo velhinho loja de tecidos 3

Com mais de 9 décadas de vida, crises como a do coronavírus parecem não assustar um idoso que já viu o mundo se transformar diversas vezes. O gerente da loja, responsável também pela página no Instagram, reitera que ele nunca perdeu a esperança de dias melhores. “Por conta da pandemia, ficou com a loja fechada, mas nunca perdeu a fé por dias melhores. Agora, com a retomada do comércio, ele está de volta com tecidos de qualidade e lindas estampas, inclusive para máscaras”, disse em uma publicação.

Se a pandemia revelou o imenso abismo social presente no mundo inteiro, nunca ficou tão claro a importância do olhar atento para o outro, o espírito de comunidade e a generosidade. Se todo mundo der as mãos, ficará mais fácil de atravessar estes dias difíceis!

 

Fotos: Instagram
COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.