Por Só notícia boa

O ator Jim Carrey, afastado do cinema há 6 anos, está usando telas e tintas para controlar a depressão.

Conhecido por papéis na comédia, ele estrelou um documentário para contar como a arte o salva da doença.

A depressão atinge 350 milhões de pessoas no mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em “Jim Carrey: I Needed Color” foi lançado em agosto de 2017 na plataforma Vimeo.

O ator diz que está completamente obcecado pelo novo hobby, que inicialmente veio para “curar um coração partido”.

Em seis anos de prática Carrey vem abusando das tintas para melhorar seus sentimentos e se afastar das mágoas.

“Eu não sei o que a pintura me ensina, mas sei que me liberta. Me liberta do futuro, me liberta do passado, me liberta do arrependimento, me liberta da preocupação”, disse o ator.

Recentemente, o ator afirmou ao I News que a essa altura não tem mais depressão, porque agora sente que “a chuva chega, chove, mas não permanece”.

A arte é reconhecida como um meio terapêutico para a cura, um meio importante para externar as emoções, compreende-las e superá-las.

Assista ao minidocumentário de 6 minutos, que já foi visto mais de 5 milhões de vezes:

FONTESó notícia boa
COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.