Ángel Delgado, avô de Efraín e Celeste, natural da Argentina, não conseguiu conter a empolgação quando seu neto de 13 anos concluiu o ensino fundamental.

Graças aos esforços de seu avô, Efraín é o primeiro de sua humilde família a terminar o ensino fundamental.

Efraín está ciente de todas as limitações financeiras que teve que enfrentar, mas isso não o impediu de se dedicar a preparar e cumprir suas obrigações escolares para progredir e agradecer o esforço de seu avô.

Leia também: Conheça o ‘Pop It’, brinquedo que virou tendência entre crianças e adolescentes do Brasil

Esse garoto de 13 anos não só terminou o ano letivo, mas também ficou com as notas mais altas de sua escola.

Existem mesmo aqueles que sabem muito bem o que querem desde muito novos, e não descansam até o conseguirem, superando todas as adversidades e deixando de lado todas aquelas vozes que repetem continuamente que é impossível.

Apostam nos seus sonhos e não têm medo de deixar para trás nada que não os motive a continuar.

“Terminar o ensino fundamental custou muito a ele. Ele vem de uma família muito humilde”, comentou Hugo Baricheval, professor de Efraín.

Leia também: Ex-fuzileiro resgata 170 animais que poderiam ser sacrificados pelo regime talibã no Afeganistão

Efraín mora na periferia da zona rural de Chaco, por isso caminhava 6 quilômetros todos os dias com seu avô para chegar à Escola 239 na zona rural de Pampa Chica.

Ele e sua irmã Celeste foram cuidados desde muito novos pelo avô, que lhes ofereceu todo o seu carinho e com sacrifício e amor a cada dia procura garantir seu bem-estar e felicidade.

“Além de cuidar dos filhos, era ele quem caminhava todos os dias com os netos os 6 quilômetros entre sua casa e a escola”, acrescentou o professor Hugo.

O menino e o avô não conseguiram conter a empolgação quando Efraín se formou no ensino fundamental. A fotografia deste momento especial cativou centenas de corações.

Depois que a imagem se tornou viral, muitas pessoas entraram em contato com a escola para oferecer ajuda ao pequeno. É que a cena comovente despertou o sentimento de solidariedade de muitas pessoas que queriam ajudar esta família humilde.

Mas também, a imagem do avô chorando animadamente com o neto deixa uma lição valiosa sobre o valor de uma família unida , especialmente na adversidade.

Eles merecem um futuro melhor, este garotinho mostrou que só é preciso amor, vontade e perseverança para atingir os objetivos que almejamos.

“O telefone não parava de tocar. Estamos surpresos com a reação das pessoas, não podemos acreditar”, disse a professora María Medina, que comemorou a repercussão da história.

Fonte: Viralistas

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS