A ativista Luisa Mell usou as redes sociais para expor a sua revolta ao ver um comentário infeliz feito por um radialista da Rádio Independente, de Lajeado, no Rio Grande do Sul.

Na ocasião estava sendo discutido a situação dos cachorros de rua, e o apresentador sugeriu que colocasse estricnina, uma espécie de veneno, em pedaços de carne para controlar a situação.

Revoltada Luisa manifestou sua indignação:

“Inacreditável! Radialista manda dar estricnina (veneno) em carne para cachorro para acabar com o problema de cachorros de rua na Cidade! Eu tô horrorizada, chocada… o outro ainda dá risada! Além de irresponsável e nojento, sua atitude é criminosa!”, desabafou a defensora dos animais.

O comentário do radialista gerou diversos protestos nas redes sociais, levando até à denúncia contra rádio feita pela Apama (Associação de proteção dos direitos ao animal) na promotoria de Justiça de Lajeado.

Em comunicado emitido pela rádio, ela afirma que o comentário expressa opinião particular  apenas do radialista, que não teve seu nome divulgado. aproveitaram para reforçar o apoio à causa animal.

“Deixamos claro que foi uma posição particular do comunicador no momento em que o tema era debatido na nossa programação. A Rádio Independente faz questão de afirmar que apoia a causa animal e que sempre abriu espaço para organizações que a defende, o que continuará fazendo”, diz a nota.

Com informações: UOL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.