Por site Só notícia boa

Uma imagem emocionante, cheia de amor: uma mãe narrando o jogo de futebol para o filho com deficiência visual.

A partida era de um clássico entre Palmeiras e Corinthians, no Allianz Parque, arena palmeirense em São Paulo.

E a imagem feita na semana passada, de Sílvia Grecco, que é mãe adotiva de Nickollas Grecco, de 11 anos, chamou a atenção durante a transmissão. Depois de um close da arquibancada e cena se espalhou pelas redes sociais.

A história dos dois é ainda mais bonita: é de amor e escolha.

Adoção

Ao nascer, o garoto já teve que lutar pela vida.

Por ter nascido prematuro, aos cinco meses de gestação e com apenas 500 gramas houve um problema na formação de suas retinas. Por isso, ele não enxerga.

Após 4 meses internado ele ganhou a mãe, Sílvia que já tinha uma filha, mas queria aumentar a família.

Ela ainda teve que ficar na fila com outros 12 casais que estavam na frente na linha da adoção, que acabaram desistindo.

– Doze casais declinaram por algum motivo. Não, o motivo eu sei: está marcado, ele tinha que ser meu filho. Faz parte da nossa história – diz Sílvia.

Narração

Sílvia passou a narrar os jogos para Nickollas: se ele não podia ver os lances, podia senti-los como poucos.

A equipe do Globo Esporte levou o menino para conhecer o estádio por dentro: vestiu a camisa, entrou no vestiário, pisou no gramado, tocou o símbolo que tanto ama, encostou na taça da Libertadores. Por fim, escutou o hino – o som que mais mexe com ele.

– Não é impressionante? É impressionante. Ele fica com uma vibração, todos os músculos, tudo vai mexendo, o sorriso largo. É contagiante – comenta Sílvia.

Abaixo, um dos trechos compartilhado no YouTube do momento, durante a partida, quando Sílvia narra o jogo para Nickollas:

FONTESó notícia boa
COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.