India Marshall passou por uma cirurgia para remover nódulos na cabeça. Após o procedimento, ela teve uma bela surpresa: percebeu que o médico, Jewel Greywoode, havia trançado seus cabelos.

Durante entrevista ao site The Lily, India contou que consultou outros médicos sobre a cirurgia e todos sugeriram operações mais invasivas, que deixariam marcas no rosto, por exemplo. Greywoode, o único profissional negro consultado pela jovem, foi também o único que ofereceu a opção de operá-la pelo nariz, evitando uma marca permanente.

Além disso, a jovem contou que as tranças ajudaram no pós-operatório, pois facilitou a limpeza dos curativos. A forma como o cabelo foi trançado realmente ajudou no pós-operatório, já que facilitou a limpeza das incisões e não atrapalhou os curativos. “Quando acordei, duas enfermeiras negras me ajudaram a vestir minhas roupas, então eu imaginei que eram elas as responsáveis pelo penteado.

Eu pensei: ‘Quem mais saberia trançar?'”.

Alguns dias após a cirurgia, India voltou ao consultório do médico para analisar os resultados da cirurgia, neste momento, ela descobriu que Greywoode era o responsável pelas tranças.

“Quando ele veio ao meu quarto, começou a conversar comigo, retirar os curativos e aí disse: ‘Eu espero não ter ido tão mal nas suas tranças’”, falou a jovem, que revelou que o cirurgião explicou que ele tem filhas pequenas e ajuda a trançar os cabelos delas em casa.

Que história emocionante, não é mesmo?

 

Com informações: Folha Vitória

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.