A intenção é que os pacientes possam ver que, por trás das roupas de proteção, existem pessoas felizes.

A pandemia se espalhou para mais de 1,5 milhão de pessoas, segundo os números. Um dos países que foi rapidamente colocado no topo da lista de infecções são os Estados Unidos. E sua equipe médica já luta contra a doença há algumas semanas.

Apesar de toda a tristeza e crise, Robertino Rodríguez, um dos encarregados de monitorar o COVID-19 em San Diego pensou em algo genial para tornar seus pacientes mais animados nos durante o período em que estavam no Hospital Scripps Mercy.

Além da armadura de combate

Ele sabia que a aparência dos médicos não era de todo encorajadora para os pacientes, já que, ficavam cobertos da cabeça aos pés. Sendo assim era normal que ninguém os visse como “pessoas amigáveis”; então ele teve a maravilhosa ideia de colocar uma fotografia onde pudessem ser vistos sorrindo, e isso se tornou uma forma de acalento.

Nas fotos, podemos vê-los felizes e parecendo mais amigáveis.

Ontem me senti mal pelos meus pacientes de emergência quando entrei na sala com o rosto coberto de EPI”, escreveu em seu post.

Seus colegas seguiram o exemplo e fizeram o mesmo, e o gesto simples tornou-se uma tendência para todos que cuidam de pacientes com coronavírus.

”Vou continuar usando o crachá até não precisar usar máscara. Meus colegas e outros profissionais de saúde também estão fazendo isso e estou recebendo fotos de outros profissionais em todo o país, inspirados em minha foto ”. Robertino diz.

Traduzido e adaptado do site: Nation

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.