Esta é uma daquelas histórias que nos fazem entender a grandeza do amor que existe no coração dos animais.

Tudo começou quando uma moradora de Buenos Aires, Alejandria Griffin, ouviu um choro que lhe pareceu de um recém-nascido. A partir de então, ela foi investigar de onde vinha aquele choro e, após alguns minutos, ela teve uma grande surpresa.

Uma cachorrinha de rua havia acolhido um bebê humano abandonado como parte de sua ninhada e passou a tratá-lo com todo o cuidado e carinho, como se fosse seu.


A mulher imediatamente chamou a polícia em busca de ajuda.

O bebê, agora chamado Santino, foi levado às pressas para a sala de emergência para atendimento médico imediato. Alejandria contou a história da cadela Way e os médicos realmente acreditam que se não fosse pelas suas heroicas ações caninas, o bebê já teria morrido. Way foi aclamada como uma verdadeira heroína.

Santino, para a surpresa de todos, estava bem. Segundo a equipe médica, isso se deu devido à forma com que a surpreendentemente em boa forma pelo que havia passado, e a maior parte disso foi graças ao incrível cuidado que a Way havia prestado.

A polícia acabou conseguindo rastrear a mãe do bebê, uma mulher, também de Buenos Aires de 33 anos que já tinha outros oito filhos. Ela foi presa e acusada de abandonar o bebê recém-nascido.

Way foi acolhida por um abrigo local onde ela e seus bebês seriam atendidos até que pudessem encontrar casas para sempre.

Apesar do lindo gesto da cachorrinha, é um fato que o abandono, seja de humanos ou de animais, é um ato totalmente cruel, inexplicável e criminoso, passivo de prisão.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: >Honest Paws/aMO MEU PET

RECOMENDAMOS



Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.