Nem todos os heróis usam capas, na verdade, alguns deles usam jalecos e crachás de hospital.

Depois de quase perder a vida devido a complicações graves da Covid, Maureen Woods, de 56 anos, sente-se com sorte por estar viva hoje.

Por estar gravemente doente durante grande parte de sua internação no hospital, ela sente que nunca teve a chance de agradecer adequadamente à equipe que salvou sua vida. Mas no dia 12 de outubro, ela teve a chance de abraçar os heróis que lhe deram uma segunda chance.

Leia também: Grafite em SP que faz releitura de “O Lavrador de Café” é elogiado por filho de Portinari: ‘Extraordinário’

No dia 24 de julho, Woods foi internada no hospital por causa de pedras nos rins dolorosas quando ela testou positivo para COVID-19. Sua condição de saúde degradou-se rapidamente. Ela desenvolveu pneumonia, uma infecção no sangue, um colapso do pulmão inferior e seu corpo entrou em falência total de órgãos enquanto ela entrava em coma por quase três semanas.

Após 40 dias no Orlando Health – Health Central e 12 dias em uma clínica de reabilitação, Woods teve alta para voltar para casa feliz e saudável para os membros de sua família que sentiam sua falta desesperadamente.

Obrigado a todos os nossos heróis médicos que fizeram tudo para garantir que pessoas como Maureen voltassem para casa em segurança com suas famílias!

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

Leia também: Cachorro cego se “recusa” a sair do abrigo: não sabe mais viver sem seu gato-guia

Fonte: Majically

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS