Populares em filmes e séries, os dragões vivem apenas no nosso imaginário! Criaturas poderosas que voam pelos céus cuspindo fogo e tornando as histórias mais empolgantes. Existem lendas fantásticas que cativaram a imaginação de milhões de pessoas ao longo da história.

Mas calma, a natureza deu um jeitinho de nos surpreender com miniaturas das famosas criaturas mitológicas. Infelizmente, eles não existem, mas a natureza nos trouxe um animal bem semelhante, e são realmente incríveis.

O gênero Draco, também conhecido como “dragões voadores”, pertence à família dos lagartos Agamidae. Esses lagartos vivem nas árvores das florestas tropicais do sudeste da Ásia.

Eles têm 20 a 26 centímetros de comprimento, possuem membranas na lateral do tronco que permitem que possam voar de árvore em árvore, chegando a cerca de 60 metros de distância, perdendo apenas 10 metros de altitude.

A dieta dos répteis deste gênero é baseada principalmente em insetos, principalmente nas formigas das árvores.

O único momento em que esses animais caem das árvores é quando é hora de se reproduzir. O dragão voador macho usa suas membranas dobráveis ​​para chamar a atenção da fêmea e, assim, iniciar o processo de namoro.

Após a cópula, a fêmea faz um pequeno buraco no chão, onde deposita de 4 a 5 ovos, os cobre com o solo e as folhas. A mãe só guarda seus ovos por 24 horas, após o que abandona a vigilância e volta às alturas.

As cores e características de cada dragão voador variam dependendo da espécie, mas todas elas têm peculiaridades que as tornam únicas.

Esses animais são, sem dúvida, uma fantástica obra da natureza que nos faz lembrar das princesas, aquelas que ficavam anos aprisionadas em torres, até que, um dragão viesse ao seu encontro, salvando-a de um destino tão cruel. Ai ai, quantas histórias!

Traduzido e adaptado do site: Nation

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.