Por Refletir para Refletir

Uma esposa exigente insistia constantemente com seu marido para que ele se adaptasse aos padrões de comportamento estabelecidos por ela:

— É assim que você deveria agir, é assim que você deveria vestir-se, é isto o que você deveria dizer, é lá que você deveria ser visto, e é assim que você deveria planejar sua carreira!

Ela insistia para que ele fizesse tudo com perfeição. Sentindo-se um homem completamente fracassado, o marido finalmente disse à esposa:

— Por que você não escreve tudo isso num papel? Assim você não vai mais precisar me dizer essas coisas o tempo todo.

A esposa concordou com satisfação.

Pouco tempo depois, ela morreu. Em um ano, o homem conheceu outra mulher e casou-se novamente. Sua nova vida parecia uma eterna lua-de-mel. Ele mal podia acreditar na grande alegria e no alívio que passou a sentir ao lado da nova esposa.

Certo dia, ele encontrou a lista dos “faça isso e não faça aquilo”, escrita por sua primeira esposa. Após ler a lista, percebeu, para seu espanto, que estava seguindo todas aquelas instruções, embora sua segunda esposa nunca tivesse mencionado nenhuma delas.

Depois de refletir sobre o que poderia ter acontecido, ele disse a um amigo:

— Minha primeira esposa começava as frases com “Eu detesto quando você…”, ao passo que a atual me diz “Eu adoro quando você…”.

FONTERefletir para refletir
COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.