Com informações do site Pais&Filhos

Sabemos que um abraço é capaz de transformar o dia de uma pessoa, ele transmite amor e proteção. Dentro de um abraço sincero nos sentimos acolhidos. E quando se trata do laço entre avós e netos a prática se torna ainda mais poderosa.

Infelizmente devido a gravidade da situação atual, o distanciamento se fez necessário, mas finalmente depois de um período difícil as autoridades da Suíça informaram que as crianças menores de 10 anos de idade poderão abraçar novamente os avós.

De acordo com Daniel Koch, chefe do departamento de doenças infecciosas, especialistas revisaram o assunto e chegaram a conclusão que: “As crianças pequenas não estão infectadas e não transmitem o vírus. Eles simplesmente não têm receptores para pegar a doença”, declarou Koch, de acordo com ISTOÉ.

No entanto, Daniel aconselhou que o contato seja breve, sem aglomerações, e que não seja motivo para marcar reuniões familiares, e claro, mantendo sempre a proteção necessária, e ainda ressaltou que muitos avós “vivem para ver os netos” considerando que essa forma de carinho é extremamente importante para o cotidiano e saúde mental deles.

Apesar da liberação, há controvérsias, nem todos os especialistas compartilham da mesma ideia. Segundo o virologista alemão Christian Drosten, não há informações suficientes e seguras para provar que crianças não podem transmitir o novo coronavírus. “A disseminação do novo coronavírus na Suíça tem diminuído cada vez mais… As medidas de combate ao vírus que foram implementadas pela população estão surtindo efeito. Como resultado disso, o governo decidiu relaxar algumas medidas impostas para reduzir a transmissão da doença”, finalizou ele.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




A Grande Arte De Ser Feliz
Para todos aqueles que desejam pintar, esculpir, desenhar, escrever o seu próprio caminho para a felicidade.