Um caçador russo de 62 anos faleceu após ser brutalmente atacado por um urso que pensou que havia matado.

Inicialmente dado como desaparecido, o caçador foi encontrado sem vida por uma equipe de busca que se organizou na região da Sibéria.

Os integrantes da equipe acreditam que o homem atirou no animal a partir de uma plataforma instalada em uma árvore. O tiro foi certeiro, fazendo o caçador acreditar que o urso tinha morrido.

No entanto, ao descer da plataforma, ele foi pego de surpresa pela resistência do animal, que mesmo mortalmente baleado, foi capaz de esmagar o crânio do homem e rasgar todo seu corpo com suas garras, morrendo logo depois devido ao disparo.

Leia também: Robert Pattinson e Henry Cavill são os homens mais bonitos do mundo segundo a ciência

“A carcaça do animal foi encontrada a 50 metros do local onde o homem morreu”, alega a equipe de resgate, justificando a teoria que criaram para a morte do caçador.

O Ministério de Assuntos Internos da Rússia, confirma a ocorrência: “O predador mortalmente ferido conseguiu infligir uma lesão que fez o caçador morrer”.

Não se sabe a identidade do homem, a mídia local russa optou por não revelar até o momento.

Os ataques de ursos na Rússia são considerados bem comuns, especialmente nos parques nacionais do país.

Leia também: Carreta de Maiara e Maraisa tomba em estrada no interior de São Paulo

Fonte: Daily Mail

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS