Quando os casais se casam e comemoram aquele dia especial que vão se lembrar para sempre, há uma frase que ressoa tanto com eles quanto com os convidados. Trata-se do “até que a morte os separe”, o que implica a natureza permanente da união entre duas pessoas e do casamento.

Mas há poucos dias atrás ficou conhecido o caso de um idoso que, apesar de a morte o separar fisicamente de sua esposa, decidiu acompanhá-la para sempre.

A única coisa que aquele senhor queria era que a cumplicidade, carinho e lealdade que eles tiveram, durassem para sempre. Apesar da mulher não estar mais no plano terreno… Ela estava presente em espírito com ele.

A cena foi capturada por um comediante brasileiro chamado Ryan Icaro, que segundo informações do Razoes Para Acreditar, descreveu a história como “desoladora”.

Nas imagens, é possível ver o senhor de idade com uma cadeira, sentado próximo ao túmulo de sua amada.

Ryan, que foi testemunha do momento, explicou que “todos os anos, inclusive no Natal e outras datas importantes, ele passa com a esposa, em espírito”.

Além disso, o idoso lhe disse que sua esposa deixou este mundo há cinco anos, e desde aquele momento nenhuma data especial é perdida para visitá-la no cemitério.

O visitante passa horas junto ao túmulo para lembrar daquela mulher com quem foi feliz na vida.

Assim, a cada ano sua presença é sagrada no túmulo de sua esposa, com quem se senta para conversar e acompanhá-la em dias especiais. “Vamos aproveitar amigos, porque tudo está indo muito rápido. Esta mensagem são apenas palavras, então leve-a para sua vida”, escreveu Ryan.

Leia também: “Você, cale a boca!”: na frente da polícia, pai repreende filho que violou toque de recolher [VIDEO]

Leia também: Exemplo: Cachorrinho de rua espera o semáforo ficar verde para atravessar a rua [VIDEO]

Fonte: RPA

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS