Além de trabalhar e empreender novos projetos, a aposentadoria e o descanso também fazem parte da vida. E é um marco que fecha uma etapa de vários anos de experiências de trabalho de todos os tipos, dando assim lugar a um novo ciclo.

Com isso, muitos idosos podem começar a curtir seus parentes, como os netos, e também a se preocupar consigo mesmos.

No entanto, em alguns países, as pensões e os benefícios de aposentadoria não são altos o suficiente para continuar a vida sem trabalhar, por isso há idosos que, apesar de aposentados, começam a procurar novos empregos para poder se sustentar diariamente.

Há também outros casos em que os idosos conseguem iniciar seus próprios negócios e podem permanecer assim por toda a vida. É o caso de empresas familiares e bazares de bairro.

Leia também: Ucranianos forçam caminhões da Rússia a fugir enquanto protestam contra invasão do país

Alguns deles funcionam há muitas décadas e atendem a várias gerações de pessoas, tornando-se locais tradicionais em seus bairros. Mas mais cedo ou mais tarde eles também fecham.

É o caso de ” El Bazar de la Esquina “, uma empresa localizada na comuna da Quinta Normal, em Santiago do Chile, que funciona sem interrupção desde 1967, mas teve que fechar em 2022.

De acordo com um post no Twitter do usuário Alejandro Alegría, este lugar era administrado por Dona Inés, que há poucos dias decidiu acabar com o bazar para se aposentar.

No post você pode ver uma foto da Dona Inés junto com um pôster que ela usou para divulgar os preços de seus produtos. Mas, em vez de anunciar suas mercadorias, dessa vez o letreiro foi usado para transmitir uma mensagem poderosa a seus clientes e vizinhos do bairro.

“ Depois de 53 anos, hoje o bazar da esquina fecha. É hora de descansar. Graças à minha clientela ilustre, sucesso aos novos empreendedores ”, escreveu a idosa.

A postagem se tornou viral e foi recheada de comentários de usuários parabenizando Inés por todos os seus anos de trabalho servindo sua comunidade e desejando a ela um merecido descanso nestes próximos anos de aposentadoria.

Leia também: Sobre o belíssimo “Cartografias da saudade”, de Ivete Nenflidio

Fonte: UPSOCL

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS