O Senado da Colômbia aprovou recentemente um projeto de lei que beneficiará milhares de animais que são usados ​​como força de transporte no país.

A nova legislação estabelece que em 5 anos nenhum veículo no país – seja carroça, carruagem ou qualquer outro – seja transportado por animais como cavalos, mulas ou burros.

Em outras palavras, uma substituição gradual de veículos de tração animal é proposta em toda a Colômbia.

Leia também: Moradora de rua idosa dormia em saco de lixo com seus cães para se refugiar do frio

O objetivo da medida, aprovada no último dia 18, é acabar com essa prática e proteger os animais, além de ajudar quem vive dessa atividade a substituir os animais por veículos motorizados. Dito isso, será feito um censo no país para ver quantas pessoas estão nessa situação.

“Tudo é pensado para que as pessoas que tiram seu sustento desse tipo de veículo sejam protegidas; Tenha certeza de que é isso que o projeto contempla e claro que as providências podem ser tomadas, como a lei indica”, disse Ana María Castañeda, senadora e relatora do projeto.

Leia também: Idoso de 92 anos usa tempo livre para construir carrinho para cães paraplégicos

Em todo caso, há algumas exceções nesta nova lei, que será para veículos utilizados para atividades turísticas, agrícolas, pecuárias e esportivas, como os famosos “carros alegóricos” que circulam pelo centro da cidade de Cartagena de Índias.

Caso, após o prazo de cinco anos, ainda existam veículos de tração animal, eles serão proibidos de circular e também poderão ser apreendidos pelas autoridades.

Fonte: Upsocl

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS