Uma garçonete do Denny’s que caminha mais de 22 quilômetros para ir e voltar do trabalho recebeu a surpresa de uma vida de um cliente que ela serviu no café da manhã – um carro novo.

Adrianna Edwards, de Galveston, Texas, vinha economizando e economizando para comprar um carro. Mas até que ela pudesse pagar por um, ela não tinha escolha a não ser fazer a jornada de quatro horas para o trabalho todos os dias.

“Tenho contas a pagar”, explicou ela . “Eu tenho que comer. Você tem que fazer o que tem que fazer.”

As caminhadas tediosas fizeram com que ela perdesse 25 quilos em poucas semanas, mas desistir não era uma opção porque ela estava trabalhando em direção a um sonho – ir para a faculdade.

Para chegar ao Denny’s a tempo, Adrianna precisa acordar várias horas antes do turno. E depois de um dia inteiro de pé, a garçonete trabalhadora faria a caminhada de 11 quilômetros para voltar para casa .

Quando Adrianna chegou em uma manhã de terça-feira em 2019, ela conheceu um casal adorável que pediu café da manhã. Eles começaram a conversar quando ela deu sorvete extra à mulher.

Durante a conversa, Adrianna mencionou a longa caminhada que tinha que suportar todos os dias e seu plano de comprar um carro. Ela disse a eles que, uma vez que conseguisse seu próprio veículo, poderia trabalhar horas melhores e ir para a faculdade.

O casal ficou tão emocionado com a história dela que parou no Classic Galveston Auto Group na Broadway Street mais tarde naquele dia para comprar um Nissan Sentra 2011 para Adrianna!

Algumas horas depois, a dupla voltou ao restaurante procurando o destinatário de seu presente.

Quando entregaram a Adrianna as chaves de seu carro novo , ela ficou pasma.

“Ela chorou, o que me deixou feliz por ela ter ficado tão emocionada com isso”, disse a mulher que comprou o carro.

Tudo parecia tão surreal que Adrianna não conseguia acreditar que era verdade.

“Na minha cabeça, eu pensava ‘pegadinhas são legais e tudo’”, disse ela. “Mas este é apenas um pouco cruel.”

Agora com seu próprio carro, a cansativa caminhada de quatro horas de Adrianna foi reduzida para um trajeto de 30 minutos, dando-lhe mais tempo para descansar e investir em si mesma.

“Esta manhã, a primeira coisa que fiz quando acordei foi olhar pela minha janela. Veja se está realmente lá ou se eu sonhei”, disse ela.

Em vez de economizar para comprar um carro, Adrianna agora poderia começar a economizar para sua educação.

O casal generoso, que pediu anonimato, só pediu uma coisa em troca a Adrianna.

“Eu dei a ela um bilhete que dizia: ‘Eu sei que é Dia de Ação de Graças, mas eu disse, ‘Feliz Natal’, e espero que algum dia ela pague”, disse a mulher.

A garçonete pretende cumprir essa promessa. Afinal, ela sabe em primeira mão o impacto que a gentileza pode ter na vida de alguém.

“Quando vejo alguém em necessidade, provavelmente estarei mais propenso a ajudá-los (e) a fazer tudo o que puder para ajudá-los”, disse Adrianna. “Só espero que um dia quando eu estiver financeiramente estável o suficiente, eu possa ajudar alguém em necessidade.”

Confira o vídeo abaixo:

Leia também: Queniana de 99 anos volta à escola para dar exemplo aos bisnetos e sonha se tornar médica

Leia também: Uma jovem orgulhosa escreve uma bela carta para seu pai com síndrome de Down

Fonte: ?

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS