Existem muitas pessoas no mundo que, por mais bem-sucedidas que sejam, estão sempre dispostas a doar seu tempo, seu esforço e seu conhecimento para poder ajudar o próximo.

Isso pode ser ainda mais honroso se o profissional que acolhe a filantropia for um especialista na área, como é o caso dos médicos.

Leia também: Mulher cava poço próximo de sua casa para matar sede de sua família no Pará [VIDEO]

Um deles é o Dr. Subodh Kumar Singh, cirurgião especialista de renome mundial que quis contribuir com sua experiência e qualidade como profissional para realizar operações gratuitas em crianças com fissura labiopalatina (lábio leporino).

De acordo com informações do The New Indian Express , este cirurgião conseguiu ajudar 25.000 famílias realizando 37.000 cirurgias de fenda labial e palatina livre.

Mas a vocação de Kumar para ajudar não é recente. Este médico sempre se dedicou a ajudar os outros e desde então se interessou pelas populações mais vulneráveis .

O médico disse que perdeu o pai aos 13 anos e com a família vivia em extrema pobreza. Segundo ele, seus pais “o ensinaram a servir aos pobres e a viver com ética . Sinto que Deus me fez um cirurgião plástico e não um empresário para servir . ”

Leia também: Cadela com doença muscular degenerativa resgata movimento das pernas com ajuda de fisioterapeuta

Apesar das dificuldades financeiras, Kumar conseguiu estudar na universidade e se tornar médico. A partir daí, quando pôde fazer as primeiras cirurgias, decidiu que deveria ajudar as crianças.

Sua especialização em lábio leporino lhe permitiu cuidar de milhares de crianças com essa condição desde o nascimento e poder devolver o sorriso a elas novamente.

Da mesma forma, fundou o GS Memorial Hospital de Cirurgia Plástica , para dar maior acessibilidade às cirurgias para quem não pode pagar. Além disso, tem parceria com fundações, como a Smile Train, que atendem casos específicos de crianças que precisam de cirurgias corretivas nos lábios e no palato.

Agora, com essa ajuda, ela pode mudar a vida de milhares de crianças. Além disso, ele planeja fazer 6.000 cirurgias reconstrutivas de queimaduras gratuitamente. “ Em cada criança com fissura que veio à minha consulta eu me visualizava, quando perdi meu pai aos 13 anos ” , encerrou o médico.

Fonte: RPA

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS