Uma pessoa de bom coração sempre tem as mãos abertas para ajudar o próximo. E é isso que o jovem Mateus Barbosa, 19 anos, tem feito na pequena comunidade de Cruzeiro do Sul, em Amapá (AP) – sim, a cidade tem o nome do estado!

Na última edição do Enem, Mateus tirou 980 pontos na redação – a maior do estado. Hoje, carregado com a experiência de edições passadas, o jovem tem dado aula e ajudado moradores de sua comunidade a terem um bom desempenho na escrita e na prova que carrega a chave para o ensino superior.

Leia também: Motorista de ônibus pendura cartaz para divulgar o negócio da filha e ela ganha 45 mil seguidores

“Hoje eu levo o conhecimento que adquiri para a comunidade de Cruzeiro, aonde tem alunos que eu fiz inscrição, fiz o procedimento todo para poder fazer o Enem. Lá é tudo muito difícil porque não tem acesso à internet e as ligações são muito ruins. Todos os finais de semana saio do município de Amapá para dar aula na comunidade. Levo meu material e dou aulas gratuitamente, pois sei o quanto é difícil estudar e é um bem que fazemos para as pessoas”, disse Mateus em entrevista ao programa radiofônico Luiz Melo Entrevista (Diário 90,9 FM).

Todos os dias, o jovem concilia as aulas em Cruzeiro do Sul com os cursos de Engenharia Agronômica, na Universidade Estadual do Amapá (UEAP), e Letras, em uma faculdade privada, que ele faz simultaneamente.

Leia também: Árbitro oferece suas próprias chuteiras para jogador de futebol entrar em campo e jogar

O “segredo” para ter um bom desempenho acadêmico, segundo Mateus, é a leitura constante, e claro, muita dedicação aos estudos.

“Pra eu conseguir tirar uma boa nota eu precisei ler bastante e, apesar de não ter mecanismos para estudar, como um pré-enem, tive que estudar sozinho em casa e assistindo videoaulas pelo YouTube. Apesar do apagão, que durou mais de 20 dias, não parei de estudar e consegui tirar a maior nota do estado na redação”, disse.

As aulas gratuitas são ministradas no quintal da casa de um dos alunos de Mateus. E ele já tem resultados animadores, viu? Suas dicas ajudaram uma adolescente a tirar um notão na redação.

“Tenho uma aluna que, em 2019 ela tirou 320 na redação, e com a minha ajuda ela, em 2020, ela tirou 960 pontos, foi a segunda maior nota do município do Amapá”, completou. Que esse ano essas notas incríveis se multipliquem na comunidade!

Fonte: Pais & Filhos

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS