O nome de Simon Leviev se espalhou por todo o mundo e, embora não seja real, esse foi o nome que o golpista do Tinder usou para passar a perna em diversas mulheres que tiveram prejuízos milionários.

O documentário da Netflix tem sido um sucesso mundial, por nos ensinar uma história real, fria e cheia de escuridão, sobre um homem que parecia ideal, mas na verdade era um pesadelo.

Embora o documentário nos mostre o caso de três mulheres que foram vítimas, a realidade é que existem dezenas de mulheres que caíram nas tramas de Simon. Por esse motivo, aprofundar sua história seria ideal para um filme.

Leia também: Menina de 2 anos morre após comer biscoito envenenado, que teria sido jogado para “silenciar cão barulhento”

De acordo com um relatório da Variety, o serviço de streaming está em negociações iniciais para fazer um longa-metragem baseado no novo documentário.

“Fontes indicam que a conversa está nos estágios iniciais e que o tom de um possível filme ainda está sendo resolvido”, disse a mídia sobre as informações recebidas antes de um possível longa-metragem.

As conversas seriam com os produtores do documentário, que foi dirigido por Felicity Morris e que rapidamente se instalou no top 10 da Netflix em vários países após estrear em 2 de fevereiro.

“The Netflix Scammer” nos dá um relato em primeira pessoa das vítimas de Simon Leviev, que foram enganados em centenas de milhares de dólares por acreditar nele em uma teia de mentiras que ele usou em muitas outras mulheres.

Se for feito um filme, é claro que haverá atores que darão vida aos personagens principais do documentário, logo, a escolha de um elenco forte é fundamental.

Leia também: Menino de 9 anos encontra mais de R$ 25 mil enquanto limpava o carro da família nos EUA

Fonte: Upsocl

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS