Não. Ninguém precisa humilhar ninguém para ensinar nada. Na verdade, quando os outros são humilhados, isso só mostra a insegurança e a baixa auto-estima que se tem em si mesmo.

Tanto com relação aos pais quanto aos professores, humilhar crianças ou alunos só criará uma enorme lacuna emocional que não permitirá que a paternidade ou o aprendizado ocorram… apenas o ressentimento aparecerá no coração daqueles que queriam se sentir bem, mas foram humilhados.

As crianças devem ser corrigidas pelo amor, e para isso é necessário proteger. Um aspecto positivo da figura de apego das crianças é que elas são o referencial por excelência para os pequenos. Toda família precisa de um guia para seus filhos, as crianças precisam aprender com esse guia o valor do aprendizado e não a insegurança da humilhação.

Leia também: Alice, menina que viralizou falando palavras difíceis, arrasa cantando música de Alceu Valença [VIDEO]

Os pais devem sentir orgulho de seus filhos, a emoção de ter transmitido bons valores e importantes e necessários aprendizados emocionais… E isso só pode ser alcançado através da capacidade de sentir, agir, falar e amar de coração. Sem julgar, sem insultar, sem humilhar. A educação sem humilhar é transmitida para que a sabedoria se torne uma característica interna, para que as crianças aprendam também que humilhar e julgar não são formas corretas de se relacionar com os outros.

Os pais devem ser os primeiros a vigiar os excessos do ressentimento, a suportar o peso dos inevitáveis ​​mal-entendidos e encontrar as palavras certas para se fazer entender. É difícil transmitir tudo isso, a proximidade, a doçura e a firmeza… Principalmente neste mundo estressado. Mas, que consolação e que recompensa é recebida, quando os filhos honram esta herança! É uma alegria que compensa todo cansaço, supera qualquer mal-entendido e cura todas as feridas.

Para ser um bom pai ou uma boa mãe é necessário estar presente fisicamente e também emocionalmente. Estar perto do casal, dos filhos, partilhar as alegrias, as esperanças e os esforços. Estar ao lado dos seus filhos enquanto eles crescem, enquanto eles precisam de você, enquanto falam ou enquanto estão em silêncio… Qualquer momento é importante e os pais devem saber estar ao seu lado. Aprenda a ser sem humilhar, sem ferir, sem menosprezar.

Um pai que humilha seus filhos é porque quer ter controle sobre a pessoa do pequeno, quer controlar suas ações e suas emoções… está anulando-o como pessoa. Ele acha que está fazendo bem a ele, acha que vai ajudá-lo a “acordar”, mas na realidade ele está apenas enfiando uma adaga emocional no fundo do coração.

Paciência é o segredo da paternidade

A paciência é o segredo da paternidade e de qualquer aprendizado. Sem paciência não há nada. Ao criar os filhos é preciso paciência, saber esperar, ser doce e ter boa vontade mesmo nos momentos mais complicados. Os pais devem saber esperar e perdoar sempre que necessário e também saber corrigir com firmeza. O pai ou a mãe que souber corrigir sem humilhar será aquele que souber proteger seus filhos, dando-lhes asas para voar e serem eles mesmos.

Os filhos precisam de um pai que esteja ao seu lado nos bons e maus momentos, que os apoie quando erram… eles precisam daquela segurança emocional que nunca será encontrada ao lado da humilhação.

Leia também: Em vídeo, professor se emociona com sensibilidade dos alunos: ‘Eles se abraçam quando um ganha’

Fonte: El Club

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS