Neste domingo (27), o ator Will Smith, 53, roubou a cena em todos os sentidos no Oscar 2022. Além de ganhar sua primeira estatueta de atuação no filme “King Richard: Criando Campeãs”, na categoria Melhor Ator, ele causou um climão entre os convidados da premiação.

No longa que lhe consagrou vencedor, Will interpreta o “Rei” Richard do título, o pai e treinador de duas maiores jogadoras de tênis da história, Venus e Serena Williams.

No discurso de aceitação, ele falou sobre família e “como a vida imita a arte”.

“Eu pareço o pai maluco, assim como eles disseram sobre Richard Williams. Mas o amor vai fazer você fazer coisas loucas”.

Ao final, Will Smith também pediu desculpas durante o seu discurso, ocorrido minutos após ele dar um tapa na cara do comediante Chris Rock, que havia feito um comentário sobre sua mulher, a atriz e apresentadora Jada Pinkett Smith.

Leia também: Em homenagem, artista retrata sertanejos Leandro e João Paulo se tivessem vivos aos 60 anos

“Denzel [Washington] me disse alguns minutos atrás: ‘No seu momento mais alto, tenha cuidado, é quando o diabo vem para você’. Eu quero ser um receptáculo para o amor. Quero agradecer a Vênus e Serena e toda a família Williams por me confiar sua história.”

“Isso é o que eu quero fazer. Eu quero ser um embaixador desse tipo de amor, cuidado e preocupação. Quero me desculpar com a Academia, quero me desculpar com todos os meus colegas indicados. Este é um momento lindo e não estou chorando por ganhar um prêmio. Não se trata de ganhar um prêmio para mim; é sobre ser capaz de iluminar todas as pessoas.”

“A arte imita a vida. Eu pareço o pai maluco, assim como eles disseram sobre Richard Williams. Mas o amor vai fazer você fazer coisas loucas”.

Assista ao vídeo:

Leia também: Gloria Trevi incentiva filho a trabalhar como garçom: “Precisa aprender a ter responsabilidades”

Fonte: 93 Notícias

Compartilhe o post com seus amigos! 😉

RECOMENDAMOS